Proença-a-Nova: Surto na Santa Casa tem novos casos. 127 estão confirmados!

Proença-a-Nova: Surto na Santa Casa tem novos casos. 127 estão confirmados!

Já são conhecidos os resultados aos testes efetuados ontem a todos os colaboradores da Santa Casa da Misericórdia de Proença-a-Nova.

Segundo avançou João Lobo, Presidente da Câmara, ao Jornal de Proença, há a registar no total 127 casos confirmados (105 utentes e 22 colaboradores).

O autarca informou ainda que durante esta amanhã “vão ser transferidos 13 utentes para um outro edifício da Santa Casa de forma a ter os casos negativos afastados dos restantes”.   

Em relação à rede de contactos dos funcionários que testaram positivo, João Lobo afirma que “para já os resultados que temos são negativos”.

Segundo o autarca, os infetados mantêm-se no mesmo espaço e estão estáveis, sendo que a proteção civil municipal, conjuntamente com as autoridades de saúde e a misericórdia continuam a acompanhar a situação, uma vez que a origem do surto é ainda desconhecida.

Em relação aos outros 5 casos dentro da comunidade, o autarca informou que “se mantêm e 4 receberão alta sexta-feira”.

Com esta nova atualização o concelho de Proença conta 132 casos ativos.

Apesar dos números expressivos, João Lobo, presidente da Câmara Municipal, apela a alguma serenidade neste momento e à responsabilidade individual para minimizar eventuais redes de contágio e reduzir a ocorrência à instituição.

“O importante neste momento é garantir o bem-estar dos utentes e dos funcionários, apoiando-os para que rapidamente possamos ultrapassar esta situação. Registo o empenho profissional por todos demonstrado, bem como dos profissionais do nosso Centro de Saúde, nomeadamente do grupo de enfermagem, que nesta situação – como em todo este caminho – sempre afirmaram presente”

refere

Recordar que a autarquia decidiu cancelar alguns dos eventos previstos para este fim de semana, realizando-se apenas o espetáculo “Minutos Mágicos”, com os bilhetes quase esgotados, tendo em conta que há lugares limitados e o cumprimento das recomendações da Direção-Geral de Saúde relativamente a distanciamento, higienização das mãos e uso obrigatório de máscara.

Para si... Sugerimos também...

1 Comentário

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter