Vai Acontecer…

Vai Acontecer…

23º Domingo do Tempo Comum

A liturgia fala-nos de um Deus comprometido com a vida e a felicidade do homem, continuamente apostado em renovar, em transformar, em recriar o homem, de modo a fazê-lo atingir a vida plena do Homem Novo.

https://www.dehonianos.org

Celebrações Dominicais

  • Padre Luís Manuel – Cimadas (9h00) e Peral (10h15)
  • Padre Virgílio Martins – Pergulho (9h00), Lameira d’Ordem (10h15), São Pedro do Esteval (11h30) e Padrão (16h00)
  • Padre Eduardo Indeque – Malhadal (9h00), Corgas (10h15) e Proença-a-Nova (11h30)
  • MECDAP Fernando – Vergão (10h15) e Maljoga (11h30)
  • MECDAP Margarida – Vale D’Água (9h00), Caniçal (10h15), e Moitas (11h30)

Celebrações Feriais

  • Dia 7 – Lameira d’Ordem às 09h00 e Eiras às 20h30
  • Dia 8 – Casais às 20h30
  • Dia 9 – Malhadal às 20h30
  • Dia 10 – São Pedro do Esteval às 09h00
  • De 6/9 a 10/9 – às 18h00 na Igreja Matriz de Proença-a-Novaexcepto no dia 9/9, quinta feira, às 11h00.

Festas do Sagrado Coração de Jesus

  • Dia 5 – Peral (10h15)
  • Dia12 – São Pedro do Esteval (10h30)
  • Dia 19 – Proença-a-Nova (11h30)

Dia 15 de Setembro

Festa de Nossa das Dores

Nossa Senhora das Dores

A igreja celebra no dia 14 de Setembro a Exaltação da Santa Cruz. Em muitas comunidades cristãs, é o dia que se expõem as relíquias do Santo Lenho. No dia 15 de Setembro, a Igreja contempla o sofrimento da mãe de Jesus que acompanhou a execução do seu filho na cruz.

O primeiro formulário litúrgico desta festa surgiu em Colónia, na Alemanha, no ano de 1423. Sisto IV inseriu no Missal Romano a memória da Senhora da Piedade. A atenção à “Mãe dolorosa” desenvolve-se gradualmente sob a forma das Sete Dores, representadas nas sete espadas que Lhe trespassam o peito. Os Servos de Maria, que celebravam a memória desde 1668, favoreceram a sua extensão à igreja latina, em 1727. Pio X colocou a memória no dia 15 de Setembro.

dehonianos

A celebração será na capela das Cimadas às 19h00 uma vez que Nossa Senhora das Dores é a padroeira dos povos de Cimadas Cimeiras, Cimadas Fundeiras e Montinho das Cimadas

Nossa Senhora, Mulher da Nova Aliança

Também neste dia 15, os Missionários do Preciosíssimo Sangue celebram Nossa Senhora, Mulher da Nova Aliança. Maria, sendo mãe de Jesus e testemunha da vida de seu filho, mãe e discípula, inaugura a vivência de Nova Aliança em Jesus Cristo. Ela viveu a Nova Aliança estabelecida por Jesus com o seu sangue derramado na Cruz. Jesus ofereceu-se na Cruz para nos resgatar para definitivamente para Deus estabelecendo uma relação nova, baseada no amor, entre Deus e as pessoas. Maria é exemplo da vivência desse amor para nós. Viver esse amor à maneira de Jesus Cristo é a Nova Aliança a acontecer na sua vida e desafio para que aconteça também na nossa.

Para si... Sugerimos também...

Subscreva a nossa newsletter