Sertã: Mulher de 69 anos identificada pelo crime de contrafação

 Sertã:  Mulher de 69 anos identificada pelo crime de contrafação

Uma mulher de 69 anos foi identificada, no passado dia 18 de junho, pelo crime de contrafação,  no concelho da Sertã.

No âmbito de um patrulhamento realizado ao mercado municipal da Sertã, os militares da Guarda detetaram uma mulher que comercializava material contrafeito, nomeadamente camisolas, o que culminou na apreensão de 30 artigos com um valor de comercial de 500 euros.

informa a GNR em nota enviada

A GNR informa ainda que os factos “foram remetidos ao Tribunal Judicial da Sertã”. A ação foi levada a cabo pelo Posto Territorial da GNR da Sertã.

A GNR relembra que o objetivo principal deste tipo de ações “é alertar para as consequências da contrafação e da pirataria, procurando sensibilizar a sociedade para a importância dos Direitos da Propriedade Intelectual, visando essencialmente o combate à contrafação, ao uso ilegal de marca e à venda de artigos contrafeitos.”

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter