Proença-a-Nova: Unidade Móvel de Saúde readaptou serviços em 2020

Proença-a-Nova: Unidade Móvel de Saúde readaptou serviços em 2020

“Menos atendimentos, menos saídas, menos quilómetros percorridos” é este o balanço de 2020 da Unidade Móvel de Saúde (UMS) feito pela autarquia de Proença-a-Nova. Um balanço “que reflete a adaptação que foi necessário realizar face às circunstâncias provocadas pela COVID-19, e à consequente crise de saúde pública, por um dos serviços do Município de Proença-a-Nova que está mais próximo das populações”

“É com base nesta nossa estratégia de proximidade que temos levado este serviço aos nossos munícipes e que tem crescido em novas valências, o que o carateriza por ser um equipamento diferenciador e disponível para, em articulação com a saúde, estabelecer novas “parcerias”

afirma João Lobo, presidente da Câmara Municipal de Proença-a-Nova

Nesse sentido 2020 trouxe novidades nos serviços prestados pela UMS. “Acompanhamento telefónico dos utentes, com um total de 486 contactos efetivos durante o primeiro confinamento geral da população; a participação na rede de solidariedade para dar resposta à população de risco do concelho com a entrega de medicamentos e bens essenciais; e o apoio à realização de 778 testes à COVID-19, em parceria com um Laboratório de Análises Clínicas, durante os primeiros meses de pandemia” são alguns dos exemplos dados pela autarquia. Também as já habituais ações de sensibilização da UMS acolheram um novo tópico: os cuidados a ter em época de pandemia.

“Foi um ano muito exigente, mas de certa forma gratificante na medida em que conseguimos fazer realmente a diferença no acompanhamento, desta feita mais ao nível das emoções, das nossas gentes. É por tudo isto que tenho certo que vamos conseguir fazer de 2021 o ano do retomar das nossas vidas como gostamos de as viver”

salienta Carlos Dias, técnico de Diagnóstico e Terapêutica da UMS

Ainda de acordo com dados da autarquia a Unidade Móvel de Saúde realizou em 2020 “um total de 1.398 atendimentos nas aldeias e praias do concelho, com a realização de rastreios de saúde, 67 dos quais a novos utentes e 64 dos quais a utentes de fora do concelho”

Das pessoas que procuraram este serviço, 60% pertencem ao sexo feminino. Foram realizadas 209 saídas, para um total de 6.353 quilómetros percorridos, e visitadas 101 localidades. Face à avaliação dos resultados dos rastreios, foram encaminhados três utentes para a urgência e 33 para consulta com o médico de família. Em 2019, a título comparativo, a UMS atendeu 586 utentes pela primeira vez no total dos 3.010 atendimentos realizados ao longo do ano, contabilizou 398 saídas, 212 locais visitados e 7.457 quilómetros percorridos.

Para além da atividade regular, a Unidade Móvel de Saúde dinamizou em 2020 o programa de verão nas praias fluviais e piscinas públicas nos meses de julho, agosto e setembro, e sensibilizou os participantes sobre a pandemia, mas também sobre o sol, o calor, o cancro de pele e a alimentação saudável.

Em dezembro de 2020, em conjunto com a Bibliomóvel e o Projeto Enraizar – CLDS-4G, têm sido desenvolvidas ações específicas sobre a COVID-19 e o cansaço da pandemia – as planeadas para este mês foram canceladas devido ao Estado de Emergência.

O técnico de Diagnóstico e Terapêutica da UMS acompanhou 19 utentes ao Hospital da Cruz Vermelha, onde realizaram cirurgias às cataratas, e a Castelo Branco no pós-operatório. Deu ainda apoio aos estudantes de Medicina do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar da Universidade do Porto nos rastreios e ações realizadas junto da população.

Para si... Sugerimos também...

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter