Proença-a-Nova: PS apresentou candidatos autárquicos ao concelho

 Proença-a-Nova: PS apresentou candidatos autárquicos ao concelho

O Partido Socialista (PS) de Proença-a-Nova apresentou na tarde do passado domingo, 27 de Junho, os seus candidatos aos diferentes órgãos autárquicos do concelho de Proença-a-Nova, sob o lema “Mais Unidos Construímos o Futuro do Nosso Concelho”.

Relembrando que os resultados de 2017 “confirmaram a presença do PS no panorama político concelhio”, Victor Bairrada, presidente da concelhia socialista espera que as próximas eleições “confirmem o empenho e a dedicação que esta equipa colocou ao serviço dos proencenses nestes últimos 4 anos”.

Além do já conhecido recandidato à Câmara Municipal de Proença-a-Nova, João Lobo, Victor Bairrada anunciou também a recandidatura de João Paulo Catarino à Assembleia Municipal de Proença-a-Nova.

Candidatura que o actual Secretário de Estado sente como sua obrigação.

Acho que é uma obrigação faze-lo e julgo que posso dar o meu humilde contributo nas relações que fui criando e que crio ao longo deste tempo com toda a administração central.”

salientou João Paulo Catarino

Em relação às Juntas e União de Juntas de Freguesias todos os atuais presidentes (Pedro Lopes – União de Freguesias de Proença-a-Nova e Peral; António Alberto Coelho – União de Freguesias de Sobreira Formosa e Alvito da Beira e Paulo Jorge Cardoso -Junta de Freguesia de S. Pedro do Esteval) serão recandidatos. Para a freguesia dos Montes da Senhora, a única vencida pelo PSD em 2017, Nuno Fernandes será o candidato socialista.

Para a Câmara Municipal, João Lobo será então o recandidato socialista.

João Paulo Catarino e João Lobo

Na sessão o autarca, agora recandidato afirmou que a sua maior motivação é o “contínuo conformismo com a visão redutora que os nossos territórios de baixa densidade normalmente costumam ter.”

“Temos menos habitantes, mas temos um território que é vasto e rico e este inconformismo é evidente quando olhamos para o nosso território que tem várias potencialidades.”

referiu

Contudo para João Lobo “é possível e desejável dar saltos evolutivos na forma como olhamos para a nossa ruralidade.” Desta forma a “capacidade de atrair agentes” e “a luta para continuar a fixar pessoas” são “desafios importantes e estamos preparados para os realizar”.

Apesar do programa detalhado ir sendo apresentado nas diversas ações de campanha pelas freguesias, João Lobo estipulou como principal pilar dos próximos anos a “educação e formação”.

O recandidato apresentou ainda alguns pontos como a Ação Social e Saúde, a Cultura, o Desporto e a Floresta. Pontos que serão desenvolvidos na próxima edição em papel do Jornal de Proença.

Em 2017 João Lobo venceu as eleições autárquicas com 74,28% dos votos conseguindo 4 dos 5 mandatos no executivo camarário.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter