Desconfinamento: Recuar, Manter ou avançar? O que muda a partir de segunda?

 Desconfinamento: Recuar, Manter ou avançar? O que muda a partir de segunda?

O primeiro-ministro anunciou ontem que a generalidade do país avança para a próxima fase do desconfinamento. Mas há várias exceções.

De acordo com António Costa, há quatro concelhos que, por manterem um número de casos superior a 240 casos por 100 mil habitantes, não só não vão avançar para a nova fase de desconfinamento, como terão de ter as regras mais rígidas apresentadas a 15 de março.

Desta forma os quatro concelhos que vão recuar nas medidas de desconfinamento são:

  • Moura
  • Odemira
  • Portimão
  • Rio Maior

“Não basta não passarem para a fase seguinte [do desconfinamento], é necessário que recuemos para o conjunto de regras que vigoravam antes do último desconfinamento”, afirmou António Costa.

Na prática, referiu, nestes quatro concelhos, “têm de encerrar na próxima segunda-feira” ginásios, museus, galerias de artes e espaços semelhantes, tal como as lojas entretanto abertas voltam a poder funcionar apenas com venda ao postigo e também as esplanadas voltam a fechar.

Outros sete concelhos, referiu o primeiro-ministro, não avançam para a nova fase, já que têm mais de 120 casos por 100 mil habitantes. No seu caso, todavia, são mantidas as atuais regras. Esses concelhos são:

  • Alandroal
  • Albufeira
  • Beja
  • Carregal do Sal
  • Figueira da Foz
  • Marinha Grande
  • Penela

António Costa destacou que estas restrições “não são nem prémios nem castigos”, mas “medidas adotadas para a segurança das próprias populações” adequadas à situação da pandemia nestes territórios.

Para os concelhos que avançam para a nova fase de desconfinamento, vão poder contar com a abertura de:

  • Escolas (ensino secundário e superior);
  • Cinemas, teatros, auditórios, salas de espetáculos;
  • Lojas de cidadão com atendimento presencial por marcação;
  • Todas as lojas e centros comerciais;
  • Restaurantes, cafés e pastelarias (máximo de 4 pessoas ou 6, por mesa, em esplanadas) até às 22h00 ou 13h00 ao fim de semana e feriados;
  • Modalidades desportivas de médio risco;
  • Atividade física ao ar livre até 6 pessoas e ginásios sem aulas de grupo;
  • Eventos exteriores com diminuição de lotação;
  • Casamentos e batizados com 25% de lotação.

Apesar de haver concelhos a dar passos atrás no desconfinamento, António Costa assegurou que as escolas continuam a funcionar presencialmente e também voltam ao ensino presencial os alunos do ensino secundário e do ensino superior – como no resto do continente português -, porque as “medidas relativas ao sistema educativo serão sempre medidas de âmbito nacional”.

Desta forma e de acordo com os presentes dados todos os 11 concelhos do distrito de Castelo Branco avançam para a próxima fase de desconfinamento.

*Lusa

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter