Sertã: Produtos Sertaginenses voltam a conquistar medalhas de ouro

 Sertã: Produtos Sertaginenses voltam a conquistar medalhas de ouro

Os Cartuchos de Amêndoa de Cernache do Bonjardim, o Maranho, o Bucho e os Enchidos da Sertã voltaram a conquistar medalhas de ouro nos Concursos Nacionais de Produtos Tradicionais 2021.

Os diversos concursos decorreram de março a junho deste ano, com os objetivos de apurar os sabores típicos e mais genuínos do país e promover a prática continuada do uso dos ingredientes autênticos da gastronomia tradicional portuguesa, respeitando os modos de produção e preparação dos costumes dos nossos antepassados.

refere a autarquia da Sertã em nota enviada

As provas dos produtos decorreram no âmbito da Feira Nacional de Agricultura / Feira do Ribatejo e do Salão Prazer de Provar (Concursos Nacionais de Produtos Tradicionais Portugueses e Concurso Nacional de Inovação com Tradição).

No passado mês de maio, no âmbito do 10º Concurso Nacional de Doçaria Conventual Portuguesa, os Cartuchos de Amêndoa de Cernache do Bonjardim arrecadaram medalhas de ouro, sendo que foram premiados dois produtores desta iguaria: Docinhos S. Nuno (Silvina Ladeiras) e Pastelaria Império (Gapo & Oliveira Lda).

Já em junho, diversas candidaturas sertaginenses voltaram a ganhar prémios, desta feita nas áreas de ensacados, enchidos e alheiras, conquistando sete medalhas de ouro e uma de prata.

  • Maranho da Sertã
    • Medalha de Ouro- Carnes Simões Lda
    • Medalha de Ouro – Casel Lda/Dom Casel Talhos
  • Bucho da Sertã
    • Medalha de Ouro – Carnes Simões Lda
    • Medalha de Prata – Casel Lda/Dom Casel Talhos
  • Farinheira da Sertã:
    • Medalha de Ouro – Casel Lda/Dom Casel Talhos
  • Morcela de Arroz da Sertã:
    • Medalha de Ouro – Casel Lda/Dom Casel Talhos
  • Paio do Lombo da Sertã:
    • Medalha de Ouro – Carnes Simões Lda
  • Alheira da Sertã:
    • Medalha de Ouro – Casel Lda/Dom Casel Talhos

Recorde-se que para serem considerados Prémios “Medalha de Ouro” os produtos são avaliados em contexto de prova cega e a sua pontuação máxima final têm de ser superior a 80%, numa rigorosa prova sensorial, realizada no CNEMA por júris com experiência em cada área/categoria. A participação nos concursos nacionais contou com o apoio do Município da Sertã e da APROSER na elaboração de algumas candidaturas.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter