Sertã: Gestão de combustível nas estradas e caminhos municipais começou hoje

Sertã: Gestão de combustível nas estradas e caminhos municipais começou hoje

O Município da Sertã deu hoje início aos trabalhos de gestão de combustível nas estradas e caminhos municipais contemplados no Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios.

Os trabalhos serão realizados numa faixa lateral de terreno de largura mínima de dez metros para cada lado das estradas, a partir da valeta, nas seguintes vias: EM238 (da Fonte Branca aos Faleiros), EM529 (Amieira a Casal Novo), EM531-1 (Fontainhas, Sipote e Ermida), CM1108 (da EN238 ao Vilar da Carga), CM1117 (Mendeira à Várzea de Pedro Mouro), CM1136 e CM S/N Portela da Oliveira (EN238) a Moinhos da Ribeira, CM1147 (da EN244 a Vaquinhas Cimeiras), CM1165 (da EM538 a Beirão), CM (Ermida a Praia Fluvial do Malhadal), CM (da EN238 no Vale da Ursa ao CM1117 em Mendeira), CM (Fojo do Vilar ao Vilar da Carga).

informa a autarquia

As intervenções que decorrerão somente em espaços florestais compreendem o corte total de mato, a redução da densidade do arvoredo cumprindo a distância mínima de dez metros, entre as copas de pinheiro bravo e de eucalipto, e de quatro metros nas demais espécies arbóreas florestais, assim como a respectiva desramação das árvores.

O material lenhoso (com valor comercial) resultante da redução da densidade, “será cortado a 2,50 m e empilhada no local, para que possa ser recolhida pelos proprietários num prazo de 15 (quinze) dias úteis, findo o qual a Câmara Municipal procederá a sua remoção” adianta a Câmara.

As intervenções nas faixas de gestão de combustível têm como objetivo criar descontinuidade horizontal e vertical, assim como a redução da carga combustível existente, minimizando o risco de incêndio.

Para si... Sugerimos também...

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter