Proença-a-Nova: Claire Bannwarth fez história no concelho

Proença-a-Nova: Claire Bannwarth fez história no concelho

A atleta francesa, Claire Bannwarth, fez história em Proença-a-Nova ao ser a primeira mulher a vencer uma Ultramaratona em Portugal em 38 horas e 52 minutos.

A francesa bateu de forma clara o recorde feminino da prova (era de 41h09) e ainda consegue, por exemplo, fazer melhor do que o vencedor absoluto do ano passado, o português Vítor Rodrigues, que terminou em 39h05.

Por outro lado Bruno Maia e Bruno Bondoso cortaram a meta, mas já a quase quatro horas da vencedora, conquistando a competição em masculinos.

Recordar que no passado sábado, 25 de julho, a Praia Fluvial da Aldeia Ruiva, foi a meta de mais uma edição da Ultramaratona PT281+.

A iniciativa, organizada pela Horizontes Turismo Desportivo e Viagens e pela Associação Interior Convida, com o apoio dos municípios de Proença-a-Nova e Belmonte, percorreu 281 quilómetros entre Belmonte e Proença-a-Nova, passando por Penamacor, pela Serra de Malcata, Monsanto e Penha Garcia, Idanha-a-Nova, Castelo Branco, Tejo Internacional, Vila Velha de Ródão, Portas de Ródão e Oleiros pelos Trilhos dos Apalaches.

No total o evento desportivo registou a participação de 84 desportistas oriundos de Espanha, França, Suíça, Roménia e Brasil, que percorreram de forma contínua trilhos florestais, caminhos rurais, carreiros, trilhos pedestres e estradas de asfalto.

Nesta edição, o destaque foi para a participação de 9 mulheres a solo, o primeiro ano com mais mulheres a competir individualmente.

Para si... Sugerimos também...

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter