Proença-a-Nova: Câmara assinou protocolo, ETPZP com extensão em Proença

Proença-a-Nova: Câmara assinou protocolo, ETPZP com extensão em Proença

A Câmara Municipal de Proença-a-Nova assinou ontem, 5 de Maio, um protocolo com a PETROENSINO – Ensino e Formação Profissional, Lda, que visa a instalação de uma extensão da Escola Tecnológica e Profissional da Zona do Pinhal (ETPZP) em Proença-a-Nova. Esta extensão ficará sediada na Casa das Associações, antigo edifício da Câmara Municipal.

De acordo com João Lobo, presidente da Câmara Municipal de Proença-a-Nova, o município tem na sua estratégia “a formação e do ponto de vista profissional”.

“Esta condição foi tida sempre em primeira linha por nós e na complementaridade  que deve existir na formação aos nossos alunos e muito centrado também numa visão que todos hoje queremos que é conseguirmos, com a parte empresarial, termos de facto respostas que possam ser atractivas para outros virem até nós, mas também darmos respostas naquilo que é a capacidade, daqueles que estudam, ter condições de aqui se fixarem e dar resposta também às necessidades das próprias empresas.”

referiu João Lobo, presidente da Câmara

Para o autarca esta transmissão de conhecimento e formação “para adolescentes e jovens adultos, mas também naquilo que é a formação durante a vida, dá-nos expectativas de criar outra condição do ponto de vista de formação”.

Já Américo Rocha, gerente da Petroensino, salientou a importância deste protocolo e que o mesmo era “um objectivo que internamente nos motivava muito”.

“É uma honra e uma grande satisfação vir trabalhar em prol do concelho de Proença. Vimos com uma missão e com um objectivo de aglutinar. Reforçar que o nosso propósito é de vir trabalhar em articulação com a câmara e com todas as instituições que já estão instaladas no concelho e trabalham nesta área.”

salienta Américo Rocha, gerente da Petroensino

O responsável não descartou desta forma a criação de parcerias com o Agrupamento de Escolas de Proença-a-Nova.

Este protocolo vai levar ainda à colocação de um administrativo, por parte da Petroensino, criando assim um posto de trabalho.

Para si... Sugerimos também...

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter