Portagens A23/A25: Plataforma acusa Governo de só ter aplicado desconto real de 30%

 Portagens A23/A25: Plataforma acusa Governo de só ter aplicado desconto real de 30%

A Plataforma P’la Reposição das SCUT A23 e A25 acusou hoje o Governo de só ter aplicado um “desconto real” de pouco mais de 30% no preço das portagens daquelas vias, quando a lei define 50%.

“O Governo é incapaz de fazer uma coisa bem feita até ao fim. Portanto, em vez de aplicar uma redução de 50% sobre o preço que estava em vigor, veio a aplicar uma redução de 50% sobre o preço inicial das portagens, passando por cima de todos os descontos que, entretanto, tinham sido instituídos”

apontou Luís Garra, um dos elementos da Plataforma

Este responsável falava junto à entrada Norte para a A23 no Fundão, distrito de Castelo Branco, no âmbito de uma conferência de imprensa realizada para assinalar o dia em que entra em vigor a Lei do Orçamento do Estado, que prevê a aplicação de um desconto de 50% no preço das portagens para os veículos de combustão e de 75% para os veículos elétricos.

Dando um exemplo concreto, Luís Garra explicou que um pórtico que até quarta-feira tinha o preço de 1,15 euros passou para 80 cêntimos e não para os 0,58 previstos.

Os elementos da Plataforma exigem por isso que a portaria, que foi publicada na quarta-feira à noite e que revoga os descontos anteriores, seja corrigida para respeitar o espírito da Lei do OE e que o desconto seja aplicado sobre o preço que estava atualmente em vigor.

A Plataforma mostrou-se ainda descontente com o facto de o Governo não ter aplicado o desconto de 75% previsto para os carros elétricos, alegando dificuldades operacionais.

Os descontos de 50% nas portagens da A23, que entram hoje em vigor, foram aprovados em novembro do ano passado na Assembleia da República e resultam de uma proposta do PSD que foi aprovada com os votos contra do PS e da Iniciativa Liberal e a abstenção do PAN.

*Lusa

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter