Política: Cláudia André questionou financiamento dos hospitais do distrito

Política: Cláudia André questionou financiamento dos hospitais do distrito

Na sequência da discussão na especialidade do Orçamento do Estado para 2022, a deputada do PSD eleita por Castelo Branco, Cláudia André, questionou a ministra da Saúde, sobre o financiamento para os hospitais do distrito de Castelo Branco.

“Os hospitais do distrito de Castelo Branco estão num sufoco financeiro que certamente que não será por falta de boa gestão, mas muitas vezes por falta de financiamento adequado às suas necessidades”.

começou por salientar a parlamentar em nota enviada

“O serviço de obstetrícia na área do bloco de partos do hospital da Covilhã tem registado alguns constrangimentos no atendimento às utentes. A maternidade do hospital Amato Lusitano tem sido por diversas vezes notícia por ter dificuldades de financiamento. Esta tem ainda evidenciado graves problemas em sustentar algumas especialidades, pois muitos dos médicos especialistas estão a reformar-se e não conseguem substitui-los. O hospital da Covilhã também revela dificuldades em fixar e atrair especialistas para a sua estrutura”, exemplificou Cláudia André.

Desta forma, a parlamentar não tem dúvidas que “os hospitais do distrito revelam uma necessidade urgente de um reforço de financiamento”.

“O presente Orçamento de Estado para a saúde tem um reforço de 700 milhões de euros. Destes 700 milhões qual o reforço de financiamento que cabe às estruturas dos serviços de saúde do distrito de castelo branco?”, questionou.

Para si... Sugerimos também...

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter