Instalação da Assembleia de Freguesia de Sobreira Formosa e Alvito da Beira

Instalação da Assembleia de Freguesia de Sobreira Formosa e Alvito da Beira

Realizou-se na sede da União de Freguesias de Sobreira Formosa e Alvito da Beira a instalação da Assembleia de Freguesias de Sobreira Formosa e Alvito da Beira para o quadriénio 2021-2025, no dia 13 de Outubro, às 16h.

Além dos eleitos para os órgãos desta União de Freguesias no sufrágio de 26 de Setembro de 2021, estiveram presentes vários fregueses, o presidente da Câmara Municipal de Proença-a-Nova e representantes de outras Juntas de Freguesia do Concelho.

A cerimónia de instalação começou com a apresentação e investidura por parte do presidente da Assembleia cessante, Carlos Alves, dos nove cidadãos eleitos: António Alberto Antunes Coelho, Vítor Manuel Marques Gonçalves, Maria Teresa Dias Laia, Francisco Manuel Delgado Pisco, Carlos Manuel Delgado Alves, Luís Filipe Dias Fernandes, Cláudia Susana Ribeiro Henriques, José Manso Agostinho, Vítor Manuel Cardoso Almeida. Seguiu-se a eleição do secretário, Vítor Gonçalves, e do tesoureiro, Maria Teresa Laia, para fazerem parte, com o presidente António Alberto Coelho, do executivo desta União de Freguesias.

Foram ainda investidos mais três vogais para Assembleia, a saber: João Manuel Mendonça Delgado, Cláudia Maria dos Santos Farinha e Alberto Cardoso Gonçalves.

O Presidente da União de Freguesias de Sobreira e Alvito, António Alberto Coelho presidiu, de seguida, à eleição do presidente da mesa da Assembleia e dos 1º e 2º secretários: Carlos Manuel Delgado Alves, Cláudia Susana Ribeiro Henriques e Vítor Manuel Cardoso Almeida.

Por fim, o presidente da União de Freguesias, António Alberto, agradeceu ao executivo cessante pelo excelente trabalho que realizou como equipa e também ao apoio da Assembleia de Freguesias.

Quanto aos eleitos pela oposição, apelou ao trabalho conjunto, com ideias a serem discutidas.

António Alberto Coelho

A oposição faz falta porque nos obriga a trabalhar mais e a realizar mais. Durante a campanha ouvi coisas que não gostei, mas a partir de hoje, esqueço essas frases que ouvi e podem contar todos comigo. Alguém dizia que só vinha para ganhar as eleições e que depois iria embora.

António Alberto

O presidente reeleito afirmou ainda que vem para ficar afirmando que “ainda há-de vir a primeira vez que comece um trabalho e não o acabe. No final destes quatro anos, a União de Freguesias terá certamente mais-valias. Com o avale da minha família, tantas vezes sacrificada, podem contar comigo como contaram até aqui.”

O encerramento coube ao presidente da Câmara João Lobo. O autarca sublinhou, uma vez mais, que um dos grandes problemas do Concelho Proença-a-Nova é a demografia. Foi esta União de Freguesias que acusou a maior queda demográfica do Concelho porque não consegue captar e fixar as pessoas devido à falta de emprego. Havendo contudo dois projetos que vão mesmo avançar.

O projecto do Instituto de São Tiago vai avançar, apesar de ter sido aí estalada a Sede Permanente da Força Especial de Bombeiros. O projecto consiste na construção de uma ERPI (Estrutura Residencial Para Pessoas Idosas) com cuidados de saúde diferenciados para pessoas portadoras de demência. Também está em marcha a Unidade de Processamento de Fruta a ser instalada no Lagar.

referiu João Lobo

Para o autarca, o desafio demográfico não fica sanado nestes projectos, “mas é preciso voltar olhar para as Áreas de Intervenção e Gestão da Paisagem como uma oportunidade, num futuro próximo, que traduzirão a reorganização florestal, agrícola e agro-pecuário.”

Para si... Sugerimos também...

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter