DRAPC: Avisos Agrícolas

 DRAPC: Avisos Agrícolas

A DRAP Centro, através da Estação de Avisos de Castelo Branco, envia sempre que se justifique avisos agrícolas que são ótimos conselheiros para os agricultores em geral e aplicadores de fitofármacos em particular.

Hoje, dia 8 de março, emitiu um comunicado no qual sugere curar para:

  • A lepra do pessegueiro
  • Cilindrosporiose, Crivado e Moniliose da cerejeira;
  • Moniliose das amendoeiras
  • Para as macieiras e pereiras, curar para o pulgão lanígero e fogo bacteriano
  • Vespa das galhas do castanheiro
  • Míldio dos citrinos

As sugestões de cura para cada planta são feitas segundo as indicações das estações meteorológicas instaladas no terreno e o estadio de desenvolvimento das plantas.

Muito comunicados trazem também a sugestão de cura com as substancias ativas de cada produto e com os nomes comerciais.

Na circular nº 3/2023 chama ainda atenção para as horas de frio registadas em cada estação e para o “Despacho nº 22/G/2023, de 3 de março referente ao Estabelecimento da Zona Demarcada de Castelo Novo (concelho do Fundão) para Xylella fastidiosa“.

Segundo o ICNF, a Xylella fastidiosa é

“é uma bactéria vascular gram-negativa  que coloniza os vasos  xilémicos das plantas, sendo transmitida através de insetos picadores/sugadores que se alimentam do xilema, designados insetos-vetor. Endémica da América mas tendo sido já detetada em Portugal continental, esta bactéria, classificada como praga de quarentena, está associada a várias doenças severas que afetam uma grande variedade de plantas.

Espécie única do género Xylella, conhecem-se 5 subespécies a nível mundial, causadoras de diferentes sintomas numa grande variedade de plantas hospedeiras: 

  • X. fastidiosa subsp. fastidiosa – a videira é o hospedeiro mais conhecido mas temos também o alecrim e várias espécies do género Acer;
  • X. fastidiosa subsp. multiplex – com vários hospedeiros entre eles o tojo, o ulmeiro, o sobreiro e várias espécies de carvalhos e plátanos;
  • X. fastidiosa subsp. pauca  a ameixeira, o cafeeiro e os citrinos são os hospedeiros mais conhecidos mas temos também o género Hibiscus;
  • X. fastidiosa subsp. sandyi – o loendro é o hospedeiro mais conhecido;
  • X. fastidiosa subsp. morus – a amoreira.”

Subscrição dos Avisos Agrícolas

Para se manterem atualizados sobre doenças, pragas e produtos a aplicar, os agricultores podem subscrever os Avisos Agrícolas. O valor da inscrição nos Avisos Agrícolas é 17,04 € (dezassete euros e quatro cêntimos) de acordo com nº 2 do Despacho no4186/2015 de 27 de abril.

Para si... Sugerimos também...

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter