Distrito: Suspeitos detidos por fraude em cartas de condução ficam em liberdade

 Distrito: Suspeitos detidos por fraude em cartas de condução ficam em liberdade

Os oito suspeitos detidos pela Polícia Judiciária (PJ) no âmbito de uma operação relacionada com processos de revalidação de cartas de condução automóvel (ver notícia aqui) ficaram em liberdade, mas proibidos de contactarem entre si, segundo fonte ligada ao processo.

Os detidos, sete homens e uma mulher, com idades compreendidas entre os 42 e os 74 anos, incluindo dois médicos, foram ouvidos durante a tarde de ontem no Tribunal de Castelo Branco e ficaram em liberdade após o primeiro interrogatório judicial.

Fonte ligada ao processo disse à agência Lusa que o Tribunal aplicou aos oito arguidos a medida de coação de proibição de contactos entre si.

Por decisão judicial, os dois médicos ficam ainda proibidos de emitirem atestados para renovação de cartas de condução e os outros seis suspeitos de exercerem a atividade relacionada com a revalidação das cartas de condução automóvel.

*Lusa

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter