Diocese: Agrupamento 1093 representa a Diocese no Festival da Canção

 Diocese: Agrupamento 1093 representa a Diocese  no Festival da Canção

No passado dia 20 de fevereiro, sábado, decorreu por vídeo conferência, pela plataforma Zoom, o Festival Diocesano da Canção, da Diocese Portalegre e Castelo Branco.

O Secretariado da Pastoral da Juventude e Vocações organizou esta sessão de partilha musical, que contou com a presença de uma centena de pessoas. Os presentes eram provenientes de toda a diocese: jovens, membros de diversos movimentos, famílias, párocos e, claro, o Reverendíssimo Bispo, D. Antonino Dias.

No Festival participaram cinco grupos, que concorreram com as suas belas músicas, subordinadas ao tema da Jornada Mundial da Juventude, a decorrer em Lisboa em 2023, Levanta-te!

Efetivamente, as cinco canções concorrentes evidenciaram um excelente trabalho, que resultou da criatividade, dinâmica, serenidade e espírito de equipa de cada grupo. Além de diferentes letras, os grupos apresentaram melodias singelas e videoclipes originais, algo que encantou não somente os jurados, mas também todos os membros da plateia presente.

A canção vencedora foi de um grupo de Escuteiros, o 1093, do Arciprestado de Abrantes. Será essa música a representar a Diocese no Festival Nacional.

As restantes músicas tiveram também a sua menção de louvor, pela participação e pela alegria proporcionada.

Uma palavra de gratidão aos grupos da Chainça – Abrantes, da Sertã, de Castelo Branco e do Gavião que participaram e animaram o Festival Diocesano.

Perto do fim do concurso musical, os membros do Júri apresentaram a sua gratidão e palavra de ânimo aos jovens que participaram. Por sua vez, também os apresentadores, os técnicos e todos os membros do Secretariado da Pastoral da Juventude contribuíram para que tudo decorresse da melhor forma.

No encerramento do Festival, houve um breve momento de oração, presidido pelo Reverendíssimo Bispo, D. Antonino Dias, que fez alusão aos Pastorinhos Santa Jacinta Marto e S. Francisco Marto, como modelos de santidade e de juventude.

* Rúben José Martins, membro do SDPJV – PCB

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter