Desporto: Gonçalo Tavares foi o melhor português em contrarrelógio no Campeonato do Mundo

Desporto: Gonçalo Tavares foi o melhor português em contrarrelógio no Campeonato do Mundo

O jovem ciclista proencense Gonçalo Tavares foi 40.º classificado no contrarrelógio para juniores do Campeonato do Mundo de Estrada realizado hoje em Flandres.

“Hoje senti-me melhor do que no Europeu, num contrarrelógio de caraterísticas diferentes. No Europeu havia zonas em que dava para descansar, respirar um bocado. Aqui tínhamos de ir sempre a pedalar, sempre a fundo. A zona de paralelo, então, foi muito dura! Parecia que a bicicleta não desenvolvia e eu ia ali a saltar. Era mais difícil, mas correu-me melhor do que há duas semanas. Tenho de salientar os incentivos recebidos do carro de apoio, foram fundamentais para aguentar a parte final “

conta Gonçalo Tavares

O jovem, natural de Proença-a-Nova, foi assim o melhor português em prova que ligou Knokke-Heist e Bruges, ao longo de 22,3 quilómetros. António Morgado ocupou a 44.ª posição.

Mais solto do que no contrarrelógio do Europeu, há duas semanas, o corredor de Proença-a-Nova completou o contrarrelógio de hoje em 27’39’49, mais 2’02”07 do que o dinamarquês, que conquistou o título mundial em 25’37”42.

revela a Federação Portuguesa de Ciclismo

A Seleção Nacional volta à competição nestes Mundiais da Flandres na sexta-feira. Às 7h15, António Morgado, Diogo Pinto, Gonçalo Tavares e Lucas Lopes iniciam a prova de fundo para juniores, que terá 121,8 quilómetros, com partida e chegada em Lovaina. No mesmo dia, às 12h25, começa a prova de fundo para sub-23, uma corrida de 160,9 quilómetros, entre Antuérpia e Lovaina, em que Portugal estará representado por Fábio Costa, Miguel Salgueiro e Pedro Miguel Lopes.

Para si... Sugerimos também...

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter