Desporto: Gonçalo Tavares em 22º lugar na prova de fundo do mundial

Desporto: Gonçalo Tavares em 22º lugar na prova de fundo do mundial

O proencense Gonçalo Tavares ficou em 22º lugar nas provas de fundo do Campeonato Mundial de Estrada, que decorre na Flandres, Bélgica.

O português António Morgado ficou em 6º lugar numa prova ganha pelo norueguês Per Strand Hagenes.

Segundo a Federação Portuguesa de Ciclismo, António Morgado e Gonçalo Tavares “foram os ciclistas portugueses que se adaptaram melhor às adversidades, permanecendo no pelotão da frente. No entanto, acabaram sujeitos a um desgaste adicional, pois nas fases planas da prova não conseguiam manter-se bem posicionados, tendo constantemente de recuperar posições no seio do grupo.”

Gonçalo Tavares ficou a 24 segundos do campeão mundial, no 22.º lugar, após uma corrida, à semelhança da de António Morgado, em que a colocação foi a grande pecha.

“Conseguia manter-me dois ou três quilómetros bem colocado, mas, de repente, já estava para trás outra vez. Nas subidas era quando conseguia subir mais no grupo, mas depois a descer e no plano, acabava sempre por ficar fechado. Foi uma corrida de muito sofrimento. Tanto aqui como no Europeu aconteceu-me algo que nunca tinha sucedido: só queria que a corrida acabasse. A cada volta, eu pensava já só falta mais uma”

confidencia o ciclista de Proença-a-Nova.

Recordar que ainda esta semana, na passada terça-feira, 21 de Setembro, Gonçalo Tavares foi 40.º classificado no contrarrelógio, tendo sido o melhor português em prova.

Lucas Lopes e Diogo Pinto, os outros dois portugueses presentes, não concluíram a prova.

Para si... Sugerimos também...

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter