Covid-19: País começa a abrir a “conta-gotas” a partir de segunda-feira

Covid-19: País começa a abrir a “conta-gotas” a partir de segunda-feira

O primeiro-ministro, António Costa, apresentou ontem um plano de reabertura “a conta-gotas”, considerando que neste momento se pode falar “com segurança” de uma “reabertura progressiva da sociedade”.

António Costa falava aos jornalistas, desde o Palácio da Ajuda, em Lisboa, no final do Conselho de Ministros que aprovou o plano do Governo de desconfinamento do país.

O plano apresentado cruza diversos critérios científicos, dividido em quatro fases e com um período de 15 dias de intervalo entre cada fase, de forma a avaliar os impactos das medidas na evolução da pandemia.

O governo informou ainda que o calendário previsto para as diferentes fases de desconfinamento pode ser alterado atendendo a determinados critérios epidemiológicos de definição de controle da pandemia e ainda considerando a existência de capacidade de resposta assistencial do Serviço Nacional de Saúde.

Desta forma e em regra geral o governo mantém o teletrabalho sempre que possível; os horários de funcionamento dos estabelecimentos serão as 21h durante a semana; 13h aos fins-de-semana e feriados ou 19h para retalho alimentar. Já a circulação entre concelhos está proibida nos dias 20 e 21 de março e no período da Páscoa (entre 26 de março e 5 de abril).

O que abre e quando abre!?

A partir de 15 março

  • Creches, pré-escolar, 1º ciclos (e ATLs para as mesmas idades);
  • Livrarias; Bibliotecas e arquivos;
  • Cabeleireiros, manicures e similares;
  • Comércio ao postigo; Comércio automóvel e mediação imobiliária

A partir de 5 abril

  • 2.º e 3º ciclos (e ATLs para as mesmas idades) equipamentos sociais na área da deficiência;
  • Museus, monumentos, palácios, galerias de arte e similares;
  • Lojas até 200 m2 com porta para a rua;
  • Feiras e mercados não alimentares (por decisão municipal);
  • Esplanadas (max 4 pessoas);
  • Modalidades desportivas de baixo risco;
  • Atividade física ao ar livre até 4 pessoas e ginásios sem aulas de grupo;

A partir de 19 abril

  • Ensino secundário;
  • Ensino superior;
  • Cinemas, teatros, auditórios, salas de espetáculos;
  • Lojas de cidadão com atendimento presencial por marcação;
  • Todas as lojas e centros comerciais;
  • Restaurantes, cafés e pastelarias (max 4 pessoas ou 6 em esplanadas) até às 22h ou 13h ao fim-de-semana e feriados;
  • Modalidades desportivas de médio risco;
  • Atividade física ao ar livre até 6 pessoas e ginásios sem aulas de grupo;
  • Eventos exteriores com diminuição de lotação;
  • Casamentos e batizados com 25% de lotação;

A partir de 3 maio

  • Restaurantes, cafés e pastelarias (max 6 pessoas ou 10 em esplanadas) sem limite de horários;
  • Todas as modalidades desportivas;
  • Atividade física ao ar livre e ginásios;
  • Grandes eventos exteriores e eventos interiores com diminuição de lotação;
  • Casamentos e batizados com 50% de lotação

Para si... Sugerimos também...

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter