Covid-19: ARS Centro deixa recomendações para o Natal e Ano Novo

Covid-19: ARS Centro deixa recomendações para o Natal e Ano Novo

No contexto das festas de Natal e de fim de ano, e perante a atividade epidémica COVID-19 no nosso País, o Departamento de Saúde Pública da ARS Centro vem recordar, junto da população, a necessidade do cumprimento cívico e responsável das medidas de saúde pública em vigor:

  • Distanciamento de 1,5 metros em espaços públicos ou partilhados por pessoas que não sejam do mesmo núcleo familiar;
  • Uso de máscara facial, em ambiente interior e nas situações em que não seja possível assegurar o distanciamento físico;
  • Higienização das mãos – lavagem com água e sabão ou sabonete líquido, ou esfregando-as com solução antissética de álcool-gel.
  • Arejamento e ventilação dos espaços interiores, em especial quando partilhados – seja por meios naturais (portas e janelas), seja através de sistemas de ar condicionado, devidamente mantidos e assegurando a renovação de ar fresco.
  • Etiqueta respiratória – proteger a tosse e o espirro com o antebraço e não com a palma da mão. Caso tenha colocada uma máscara, não a deverá tirar antes de espirrar ou tossir, mas deverá substituí-la, após higienização das mãos.
  • Autoavaliação diária de sinais e sintomas sugestivos de infeção (febre/arrepios de frio, corrimento nasal, dores de garganta, dores de cabeça, tosse, falta de ar, perda ou alteração do olfato ou do paladar, dores musculares…). A sua presença implica isolamento imediato e contacto telefónico com o seu centro de saúde ou com o SNS 24 (808 24 24 24) para triagem e orientação.

Proteja-se a si e aos outros, respeitando as medidas das Autoridades de Saúde:

  • Vacine-se contra a COVID-19 e, quando recomendado, contra a gripe. Esta vacina é gratuita a partir dos 60 anos de idade e está disponível nos Centros de Vacinação. Vacine-se, também, contra outras infeções respiratórias, com a orientação do seu médico de família. Proteja-se, protegendo os outros.
  • Teste-se regularmente para detetar o vírus da COVID-19. Nesta época festiva faça o seu teste na data o mais próxima possível dos seus convívios familiares. A testagem permite detetar casos sem sintomas que, de outra forma, iriam infetar terceiros.
  • Evite aglomerações fora do seu núcleo familiar. As festas familiares alargadas são oportunidades de transmissão da COVID-19 e de outras infeções respiratórias. Nos convívios familiares mantenha o distanciamento entre as pessoas, redobrando os cuidados para com as pessoas mais idosas e mais vulneráveis. Sempre que possível use máscara.
  • Evite viagens desnecessárias.
  • Proteja os mais vulneráveis – como é o caso dos idosos e dos doentes crónicos graves.
  • Aceda a informação cientificamente válida – a Direção-Geral da Saúde criou um website que disponibiliza informação destinada aos profissionais de saúde e ao público em geral. Mantenha-se informado quanto às medidas de proteção da saúde em vigor.

Para si... Sugerimos também...

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter