Cláudia André questiona Ministra da Cultura

Cláudia André questiona Ministra da Cultura

A deputada Cláudia André, eleita por Castelo Branco, questionou a Ministra da Cultura sobre os aprovados 150 milhões de euros que o PRR prevê para 46 museus e monumentos nacionais.

“Não entendemos o porquê da esmagadora maioria deste investimento ser canalizado sobretudo para os grandes centros urbanos e ainda com maior ênfase para Lisboa”.

fez saber a parlamentar em nota enviada

Cláudia André quis saber “qual foi o critério utilizado para a escolha destes bens culturais e não outros? Teve ou não em conta a coesão territorial aquando da elaboração desta lista dos bens a recuperar?”

Em resposta, a Ministra da Cultura, Graça Fonseca, afirmou que “o critério é muito simples”.

“O que está inscrito no PRR são os monumentos e museus nacionais que estão sobre a tutela das direções regionais de cultura e da direção-geral do património cultural”.

explicou a Ministra

Graça Fonseca afirmou ainda que “o objetivo do Governo é perseguir esse esforço de investimento nos museus e monumentos e património no próximo quadro financeiro plurianual numa dimensão naturalmente regional com a identificação das respetivas prioridades”.

A parlamentar questionou ainda a ministra sobre a conta satélite da cultura, promessa assegurada pela mesma aquando a discussão do orçamento 2021 e os investimentos do PRR para o setor da Cultura.

Cláudia André começou por salientar que “a conta satélite da cultura em Portugal permitiu em 2013/15 avaliar a dimensão da importância da cultura na economia portuguesa”. Desta forma a parlamentar quis saber “qual é o ponto de situação da conta satélite? E quais são as diligencias tomadas até à data para que tal seja concretizada?” A parlamentar quis ainda saber “quais serão os anos em que incidirá a conta satélite”.

Para si... Sugerimos também...

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter