“Casa da Democracia”

“Casa da Democracia”

Foi com grande estupefação que ouvi e li acerca da lamentável intervenção de Sua Excelência o Senhor Presidente da Assembleia da República. Acredito que exercer este cargo não seja tarefa fácil, contudo só está ali quem quer. Este local deve ser um lugar  por excelência onde impera  o respeito pela diferença de opiniões. Infelizmente não é isso que assistimos nestes últimos meses.

De facto, desde a revolução de 25 de Abril nunca tinha observado uma conduta deplorável como teve há poucos dias Sua Excelência o Senhor Presidente da Assembleia da República, opinando sobre pareceres e propostas de partidos da oposição extrapolando as suas competências, transformando-se momentaneamente num deputado do partido socialista. Eu não votei no partido CHEGA mas reconheço a sua representabilidade dentro da Assembleia da República pois, queiramos ou não, foi o terceiro partido mais votado nas últimas eleições. A escolha dos Vice-Presidentes foi um triste ato antidemocrático sem precedentes no pós 25 de abril. A chamada “Casa da Democracia” parece não querer reconhecer esse facto. A maioria dos que ali estão sofre de um egocentrismo doentio, não vendo a realidade que os cerca, não reconhecendo outro com os mesmos direitos. Estamos a viver uma ditadura com o nome de democracia, estamos a ver ao vivo aquela frase do Dr. Jorge Coelho: “Quem se mete com o PS leva!”.

Argumentam que o CHEGA é fascista que até defende a pena de morte, e o resto da Assembleia não acabou de votar a favor da Eutanásia? E há anos atrás não votaram a favor do aborto? Não concordo com a pena de morte, mas penso que é uma falta de vergonha alguém defensor do aborto que é o assassínio de bebés inocentes e sem defesa possível, escandalizar-se por alguém defender a pena de morte que seria sempre para pessoas que cometeram crimes muito graves. Nem um nem outro a VIDA acima de tudo. Tudo isto, por estranho que possa parecer, não é completamente mau. Assim podemos imaginar como será este senhor se alguma vez ocupar o lugar de Presidente da República!  O povo não perdoa a falta de liberdade e de respeito pela sua vontade. Por isso, as últimas sondagens mostram o CHEGA a crescer, o PS a perder a maioria absoluta e, penso eu, que os portugueses não ficam com muita vontade de colocar Dr. Santos Silva  em Belém.

*Maria Guimarães – Professora

Para si... Sugerimos também...

Subscreva a nossa newsletter