Cáritas, o amor que transforma

Cáritas, o amor que transforma

Dom José Traquina, Bispo de Santarém e Presidente da Comissão Episcopal da Pastoral Social e Mobilidade Humana, dirigiu uma mensagem para esta Semana da Cáritas que conclui no próximo de 20 de Março.

Membros dos grupos de ação sócio caritativa ou das Cáritas Paroquiais, todos os que trabalham nas Cáritas Diocesanas e na Cáritas Portuguesa, cada um de vós tem consigo, passados estes meses, um saber único: a vossa experiência pessoal. (…) Não ignoro a vossa preocupação acerca da sustentabilidade das respostas, mas estou certo: a vossa experiência corresponde a um saber e ao sabor do Evangelho, luz do mundo e sal da terra, que não se podem perder. Sabemos que só o amor transforma. É cáritas. Só o amor tem essa força, esse dinamismo que é capaz de transformar o mundo em que vivemos numa terra de paz, num mundo de irmãos.

Dom José Traquina

Invocando os 65 anos da Cáritas em Portugal, deixa o desafio da amabilidade: “a missão da Cáritas – o amor que transforma – é animar a nossa solidariedade com a delicadeza da amabilidade, para podermos viver efetivamente a nossa vida com todos, numa só família humana.

É este amor que transforma que vai trazendo dignidade a tantas pessoas que recorrem à partilha que as comunidades cristãs realizam para os mais necessitados. Necessitados de presença; necessitados de bens: alimentares, habitacionais, pecuniários… Em nome do Senhor Jesus, vamos ao encontro do próximo. Estamos mobilizados para acolher as vítimas da guerra quer em Portugal quer nos campos de refugiados quer na própria Ucrânia.

Ser membro da Cáritas é disponibilizar-se e disponibilizar os bens, em nome de Jesus e da comunidade cristã, à humanidade ferida pelas diversas indigências.

Para si... Sugerimos também...

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter