Campanha da azeitona e do Azeite em 2022

Campanha da azeitona e do Azeite em 2022

O ano 2022 foi parco em termos de azeitona e azeite quer a nível quantidade quer de qualidade.

Um ano especial que levou, de um modo geral, os lagar tradicionais do concelho de Proença-a-Nova a abrirem laboração em condições particulares. Apesar da pouca azeitona, os lagares deram a possibilidade aos sócios de fazerem o seu azeite em modo tradicional. Todavia, os lagares vão abrindo também para cumprir um certo ritual sociológico que implica a apanha da azeitona em modo familiar e depois o tão esperado líquido dourado, o azeite, que os autóctones muito apreciam, assim como, seus familiares e amigos residentes fora do concelho de Proença.

As dificuldades dos lagares tradicionais são transversais a todo este sector agrícola: pouca gente para cuidar do olival e apanhar a azeitona; as exigências sanitárias impostas aos lagares na sua laboração e continuidade vital; o escoamento do azeite tradicional por eles produzido.

O Jornal de Proença, fazendo uso do trabalho de Willian Oliveira, proprietário da Barbearia Oliveira em Proença-a-Nova e amante das tradições das terras de Proença, divulga um vídeo realizado no lagar de Peral que documenta a sua laboração.

A apanha da azeitona, para a grande maioria dos proprietários de uma agricultura de cariz familiar, tem custos muitos elevados. Porém, são de louvar os esforços que têm sido feitos para manter esta cultura no interior envelhecido e despovoado. Apesar dos apoios governamentais e locais, só a resiliência de um punhado de teimosos faz com que esta atividade se mantenha.

Este ano, para a moagem da azeitona, foi frequente ver a associação de dois ou três proprietários para completarem os enceiramentos necessários à viabilidade da laboração em função dos seus custos.

O produto final é um azeite de excelência que os nossos produtores tanto se orgulham de produzir. Além da qualidades do próprio néctar estão também as qualidade humanas que criam novos laços de amizade entre os produtores, familiares e compradores. Apesar de ser um produto com excelentes qualidades biológicas e humanas enfrenta as dificuldades decorrentes da sua comercialização.

Para si... Sugerimos também...

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter