2021: importância da catequese

 2021: importância da catequese

No início de um Novo Ano faço um apelo a todos para que não esqueçais a importância da
catequese na formação das crianças e dos jovens.
O decorrer do ano não poderá nem deverá ser um tempo desprovido de oração. Crianças e
jovens devem iniciar ou continuar a sua aprendizagem e formação religiosa, com regulares idas à missa e prática de boas obras, pequenas-grandes obras, muitas vezes imperceptíveis aosolhos dos adultos.


A Catequese é um acto contínuo, inerente à vida, não termina por haver muitas aulas, exames
ou outras actividades, pois a sua importância vai muito para além destes afazeres e
obrigações. O educar na Fé é permanente. Todos nós, pais, catequistas e catequizandos
devemos estar cientes da sua abrangência.


Torna-se necessário transmitir às crianças a importância da oração e renovar o apelo que
Nossa Senhora de Fátima fez em 1917 aos três pastorinhos. Também eles eram crianças de
dez, nove e sete anos, como muitas das crianças que frequentam a nossa catequese. A eles
lhes foi pedido que rezassem pela paz no Mundo e pela conversão dos pecadores, promessaque cumpriram rezando o terço todos os dias.


Viviam-se tempos de guerra e descrença, onde o poder das armas se impunha sobre a
bondade humana, tempos da Primeira Guerra Mundial que afetava directamente a Europa.
Ainda hoje o Mundo se vê confrontado com estes e outros problemas, em lugares mais ou
menos distante de nós. E passado mais de um século desde a aparição de Nossa Senhora de Fátima aos pastorinhos, nos Valinhos, o seu pedido permanece actual: “Rezai, rezai muito”.


A Fé, tal árvore, necessita de alimento, cuidado, atenção. É por isso que, neste ano de 2021,
cabe-nos aceder ao Seu pedido. Ao rezarmos, além de alimentarmos a nossa fé em Cristo,
intercedemos pelos outros junto de Deus. Uma missão que devemos tomar como nossa e dar a conhecer às crianças, que tal como Lúcia, Francisco e Jacinta, têm o coração aberto para o Pai.

Ana S. Esteves

Subscreva a nossa newsletter