2021, Ano Pastoral dedicado a São José

2021, Ano Pastoral dedicado a São José

vaticannews.va

O Papa Francisco publicou, no dia 8 de Dezembro de 2020, a carta apostólica PATRIS CORDE, isto é, “com coração de pai”. Com esta carta, o Papa convoca para um Ano pastoral dedicado a São José (2021), pai adoptivo de Jesus, uma vez que

depois de Maria, a Mãe de Deus, nenhum Santo ocupa tanto espaço no magistério pontifício como José, seu esposo

Papa Francisco, Patris Corde

Na história mais recente da Igreja, São José é apresentado por

  • o Beato Pio IX – «Padroeiro da Igreja Católica» (8 de Dezembro de 1870)
  • o Venerável Pio XII – como «Padroeiro dos operários» (1 de Maio 1955)
  • São João Paulo II – como «Guardião do Redentor» (15 de Agosto de 1989)
  • o Papa Francisco convoca o ano pastoral 2020 dedicado a São José nos 150 anos de ter sido apresentado como Padroeiro da Igreja Católica
  • O povo invoca-o como «padroeiro da boa morte».

A carta é uma reflexão pessoal do Papa Francisco sobre a figura extraordinária de São José que é humanamente próxima de cada um de nós:

foi crescendo ao longo destes meses de pandemia em que pudemos experimentar, no meio da crise que nos afeta, que «as nossas vidas são tecidas e sustentadas por pessoas comuns (habitualmente esquecidas), que não aparecem nas manchetes dos jornais e revistas, nem nas grandes passarelas do último espetáculo, mas que hoje estão, sem dúvida, a escrever os acontecimentos decisivos da nossa história: médicos, enfermeiras e enfermeiros, trabalhadores dos supermercados, pessoal da limpeza, curadores, transportadores, forças policiais, voluntários, sacerdotes, religiosas e muitos – mas muitos – outros que compreenderam que ninguém se salva sozinho. (…)

Quantas pessoas dia a dia exercitam a paciência e infundem esperança, tendo a peito não semear pânico, mas corresponsabilidade!

Quantos pais, mães, avôs e avós, professores mostram às nossas crianças, com pequenos gestos do dia a dia, como enfrentar e atravessar uma crise, readaptando hábitos, levantando o olhar e estimulando a oração!

Quantas pessoas rezam, se imolam e intercedem pelo bem de todos».

Todos podem encontrar em São José – o homem que passa despercebido, o homem da presença quotidiana discreta e escondida – um intercessor, um amparo e uma guia nos momentos de dificuldade. São José lembra-nos que todos aqueles que estão, aparentemente, escondidos ou em segundo plano, têm um protagonismo sem paralelo na história da salvação. A todos eles, dirijo uma palavra de reconhecimento e gratidão.

Papa Francisco, Patris Corde

Francisco aborda vários temas, a saber: “Pai Amado”, “Pai na Ternura”, “Pai na Obediência”, “Pai no Acolhimento”, “Pai com coragem criativa”, “Pai Trabalhador” e Pai na sombra”.

O objetivo desta carta apostólica é aumentar o amor por este grande Santo, para nos sentirmos impelidos a implorar a sua intercessão e para imitarmos as suas virtudes e o seu desvelo

Papa Francisco, Patris Corde

Na apresentação da Carta o Papa revela a sua grande admiração e devoção por São José, uma vez que reza todos os dias uma oração retirada de um devocionário da Congregação das Religiosas de Jesus e Maria do século XIX.

Para si... Sugerimos também...

Subscreva a nossa newsletter