Vinde a mim que eu vos aliviarei…

Vinde a mim que eu vos aliviarei…

imagem retirada https://gaudiumpress.org

O mês de junho é dedicado ao Sagrado Coração de Jesus. Pelo meio, mete-se a sua Solenidade, uma celebração móvel. O dia desta Solenidade depende do dia da celebração da Páscoa. A Páscoa é definida pelo calendário lunar. É no Domingo depois da lua cheia que sucede o equinócio da primavera. Dentro desta mobilidade, a Solenidade do Sagrado Coração de Jesus celebra-se sempre na sexta-feira da oitava do Corpo de Deus, isto é, na segunda sexta-feira a seguir ao Corpo de Deus. São João Paulo II, em março de 1995, instituí, neste dia da Solenidade do Sagrado Coração de Jesus, o Dia Mundial de Oração pela Santificação dos Sacerdotes. Os sacerdotes são convidados a fazer memória do dom recebido e a redescobri-lo sempre de maneira nova. O povo de Deus é convidado a rezar por eles, a dar graças ao Senhor pela sua entrega e a pedir que nunca faltem à Igreja sacerdotes felizes e santos, segundo o coração de Deus. Hoje celebramos a Solenidade do Sagrado Coração de Jesus. Como símbolo por excelência da misericórdia divina, o Coração de Jesus coloca-nos à escuta do seu convite: «Vinde a Mim todos os que estais cansados e oprimidos e Eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o Meu jugo e aprendei de Mim que sou manso e humilde de coração» (Mt 11, 28-29). 

ORAÇÃO PELOS SACERDOTES:

  • “Nós te pedimos, Senhor Jesus,
  • pelos nossos sacerdotes,
  • para que sejam fiéis
  • ao dom da vocação e ministério que receberam
  • e vivam apaixonados por Ti
  • e pelo Povo de Deus que lhes confiaste!
  • Senhor Jesus,
  • faz com que os sacerdotes sejam santos,
  • humildes e pobres de coração,
  • castos e obedientes à vontade do Pai!
  • Que sejam «bons pastores» e «bons samaritanos»,
  • testemunhos vivos do amor do Teu Coração!
  • Senhor Jesus, que os nossos sacerdotes
  • conduzam o Povo de Deus com sabedoria e misericórdia,
  • vivam apaixonados pela Palavra e pela Eucaristia,
  • tenham gosto em celebrar os sacramentos,
  • sejam contemplativos e homens de profunda oração,
  • que não lhes falte o amor e dedicação aos pobres,
  • aos doentes, aos marginalizados,
  • aos que sofrem e às famílias em provação.
  • Faz, Senhor Jesus,
  • com que os nossos sacerdotes
  • saibam partilhar com os jovens a alegria da sua vida sacerdotal.
  • Ampara os sacerdotes mais idosos e os mais doentes,
  • os que se sentem mais tentados ou desanimados.
  • Protege-os nas suas dificuldades,
  • fortalece-os nas suas fragilidades.
  • Sê, Senhor Jesus,
  • amparo e refúgio dos sacerdotes,
  • para que, animados pelo sopro do Espírito,
  • tenham o coração aquecido e enobrecido pelo fogo do Teu amor.
  • Ámen!”

Antonino Dias, Bispo de Portalegre-Castelo Branco, 11-05-2021

Para si... Sugerimos também...

Subscreva a nossa newsletter