Vila de Rei: Plano Operacional Municipal 2022 aprovado

Vila de Rei: Plano Operacional Municipal 2022 aprovado

O Salão Nobre do edifício dos Paços do Concelho de Vila de Rei recebeu, na manhã do dia 12 de abril, a reunião da Comissão Municipal de Gestão Integrada de Fogos Rurais.

A reunião contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei, Ricardo Aires, do Gabinete de Proteção Civil e do Gabinete Florestal do Município de Vila de Rei, de Marco Santos, representando o ICNF, do Comandante do Destacamento Territorial da GNR da Sertã, Capitão Celso Marques, do comandante do Posto da GNR de Vila de Rei, Sargento Miguel Alves, de Teresa Cardoso, da Florzêzere, e de Sérgio Francisco, representante das Juntas de Freguesia do Concelho de Vila de Rei.

Ao longo da sessão foi apreciado e aprovado, por unanimidade, o Plano Operacional Municipal para o ano de 2022.

O Executivo Municipal e técnicos do Município presentes manifestaram, neste ponto, a sua enorme preocupação com a nova Cartografia de Perigosidade Estrutural uma vez que, com este decreto, haverá mais condicionantes que poderão levar à suspensão de diversas atividades que poderão levar a que toda a economia local se ressinta.

afirma a autarquia em nota enviada

Durante a reunião foi ainda comunicado que as bocas de incêndio do Concelho vão ser alvo de reparações e beneficiações. O Município vai ainda reforçar as maiores aldeias do Concelho com novos ‘Kits de Primeira Intervenção’ e continuar com os trabalhos de manutenção da rede viária florestal.

“Implementar todas as medidas possíveis de defesa contra incêndios é um trabalho fundamental para o nosso território. O nosso Concelho tem sofrido bastante com os incêndios florestais e temos de continuar a trabalhar na identificação de situações menos positivas de forma a evitar estas tragédias e, em caso de necessidade, podermos atuar da forma mais eficaz, célere e eficiente possível.”

realça Ricardo Aires, Presidente do Município de Vila de Rei

O Município de Vila de Rei alerta ainda a população para o cumprimento da gestão de combustível nos seus terrenos até 30 de abril.

Para si... Sugerimos também...

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter