Vila de Rei: Município inicia revitalização dos espaços verdes

Vila de Rei: Município inicia revitalização dos espaços verdes

No seguimento de uma candidatura aprovada, o Município iniciou, no decorrer da passada semana, o processo de plantação das novas árvores e arbustos nos espaços verdes.

De acordo com a autarquia, a candidatura aprovada “inclui a regularização e estabilização de taludes do Vale Galego, instalação de escadaria de aceso ao Loteamento Vale Galego/Bosque da Vila, aquisição e plantação de árvores e arbustos em diversos espaços verdes, aquisição de mobiliário urbano e modernização do sistema de rega, num total de 67.154,66€”.

“As alterações climáticas constituem uma das nossas maiores ameaças ambientais, sociais e económicas que a nossa sociedade irá enfrentar. Com a aprovação e implementação desta candidatura, é nosso objetivo aumentar a biodiversidade dos espaços verdes, reforçando a rearborização do espaço com novas espécies e tornando-o mais estético e paisagístico e, de certa forma, contribuir para o fortalecimento da capacidade de adaptação às alterações climáticas, uma vez que as espécies escolhidas permitem reduzir as vulnerabilidade às ondas de calor e assumem um papel fundamental na regularização microclimática, promovendo a purificação da atmosfera, o sequestro de dióxido de carbono e melhoria da salubridade do local.”

afirma Ricardo Aires, Presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei

Com uma taxa de financiamento de 100%, a candidatura visa apoiar operações de resiliência dos territórios face ao risco, redução das vulnerabilidades do território, garantindo um modelo de maior sustentabilidade ambiental, restaurando, valorizando e protegendo os espaços de fruição pública, face aos riscos a que a população está sujeita, potenciados pelas alterações climáticas, sendo a plantação de árvores a principal forma de combate às ondas de calor e um meio natural para o arrefecimento do meio ambiente através do aumento dos espaços verdes e da criação de sombras, reduzindo os custos ambientais, sociais e económicos a longo prazo.

Para si... Sugerimos também...

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter