SERVIÇO, FRATERNIDADE E DECISÃO

SERVIÇO, FRATERNIDADE E DECISÃO
Maria Teresa Conceição, professora aposentada

O Papa Francisco na sua viagem ao Bahrein deixou três ideias aos jovens que penso podermos usar todos e de um modo particular agora que vamos viver a preparação do Natal neste Advento.

A primeira ideia é fomentar o espírito de serviço, que devemos reactivar e que infelizmente está tanto em desuso. Devemos começar pelos que estão próximo ou seja pela família. Às vezes é bem difícil manter o sorriso quando estamos cansados ou quando alguma maleita nos afecta, mas o sorriso não pode falhar e os pequenos serviços também não.

Somos todos irmãos filhos do mesmo Pai e saber que somos todos irmãos deve levar-nos a ser até mais fácil o espírito de serviço. Considerarmos a existência do outro é absolutamente necessário, pois o outro além de ser um ser humano como nós, é nosso irmão.

Nas variadas circunstâncias da vida temos que fazer escolhas e a decisão na escolha, por vezes, não é fácil. Parece-me que os mais velhos com a experiência adquirida, talvez tenham mais facilidade em decidir e até poderão em espírito de serviço, auxiliar os mais jovens. Em decisões mais importantes não deixemos de pedir o auxílio do Divino Espírito Santo e não tenhamos receio de pedir conselho a uma pessoa bem formada. Aliás o Divino Espírito Santo deve ser invocado em todas as circunstâncias. Dialogar é uma atitude fundamental e muitos problemas se evitariam se soubéssemos dialogar.

Tudo posso Naquele que me conforta, disse-nos S Paulo e nós, tudo poderemos se recorrermos à oração, ao diálogo com Deus.

O Menino Deus deitado nas palhinhas do presépio é a melhor escola de humildade que nos ensinará a servir, a ser fraternos e a orar antes de decidir.

Para si... Sugerimos também...

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter