Sertã: VIII Festival Ibérico de Teatro registou sucesso

Sertã: VIII Festival Ibérico de Teatro registou sucesso

Durante dois dias, a vila da Sertã foi o palco do que de melhor se faz de teatro de amadores na Península Ibérica, numa iniciativa que segundo a autarquia da Sertã “registou sucesso”.

O evento reuniu equipas técnicas e artísticas de grupos de teatro amador de Portugal e Espanha, que passaram pelos palcos da Casa da Cultura da Sertã e do Cineteatro Tasso do Clube da Sertã.

De um modo geral, o festival obteve feedback bastante positivo, registando plateias bem compostas de público. A qualidade das peças e atores, assim como a escolha da Sertã para receber esta iniciativa, foram motivos de elogio.

revela a autarquia da Sertã em nota enviada

Carlos Miranda, Presidente da Câmara Municipal da Sertã, agradeceu o empenho de todos quantos colaboraram na realização do VIII Festival Ibérico de Teatro. O autarca referiu ter dito logo “sim” no momento em que foi desafiado para acolher a iniciativa, que não pôde ser realizada noutro município por questões logísticas.

Valdemar Mota, Presidente da Federação Portuguesa de Teatro Amador, enalteceu o trabalho de equipa que possibilitou a realização do festival na Sertã. Deu uma palavra de agradecimento à Câmara Municipal da Sertã, que desde a primeira hora “pegou nesta atividade como se fosse uma coisa sua”.

José Martinez, representante da Escenemateur (Confederación de Teatro Amateur) recordou que este festival nasceu em Portugal com o objectivo de difundir a cultura em Portugal e Espanha. Referiu que o teatro amador não passa por um bom momento devido à Covid19, no entanto, “este festival é mais um sinal de que a cultura está de regresso”.

Esta iniciativa realiza-se anualmente, alternando Portugal e Espanha. Refira-se que a última edição teve lugar nas localidades espanholas de Mérida e Garrovilla em outubro de 2020.

O Festival Ibérico de Teatro surgiu no V Fórum Permanente de Teatro de Amadores, realizado em Ansião (Portugal), em 2010, sendo a primeira edição realizada em 2014.

A iniciativa tem como premissas mostrar o que de melhor se faz de teatro de amadores na Península Ibérica, enaltecendo o trabalho das companhias, ao mesmo tempo que proporciona reconhecimento público, partilha e intercâmbio de espectáculos e experiências, aproximando as companhias de ambos os países.

Para si... Sugerimos também...

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter