Sertã: Município promove recolha de bens para povo Ucraniano

 Sertã: Município promove recolha de bens para povo Ucraniano

Atendendo à situação verificada na Ucrânia, o Município da Sertã promove a campanha “Missão de Solidariedade com o Povo Ucraniano”, de 5 a 13 de março, que apela à solidariedade e contributo de todos na dádiva de bens de primeira necessidade.

Os artigos poderão ser entregues nos pontos de recolha localizados em diversos locais como:

  • Pingo Doce (Sertã);
  • Intermarché (Sertã);
  • Centro de Dia da Cumeada;
  • Junta de Freguesia do Carvalhal;
  • Centro Social e Bem Estar da freguesia da Várzea dos Cavaleiros;
  • Junta de Freguesia de Pedrógão Pequeno;
  • Junta de Freguesia da Sertã;
  • Junta de Freguesia do Troviscal;
  • Junta de Freguesia de Várzea dos Cavaleiros;
  • Sede da União de Freguesias de Cernache do Bonjardim, Nesperal e Palhais.

A lista de pontos de recolha será atualizada diariamente. Para além das entidades referidas, a campanha conta também com o apoio do Agrupamento de Escolas da Sertã e Escola Tecnológica e Profissional da Sertã, entre outras entidades que venham a associar-se.

Poderão ser doados os seguintes bens:

  • Produtos de higiene: desinfetantes, fraldas e outros artigos de higiene pessoal;
  • Roupa térmica: mantas, cobertores, sacos cama;
  • Artigos de saúde: medicamentos, kits de primeiros socorros, ligaduras, pensos, betadine, soro fisiológico, seringas, luvas;
  • Bens para crianças: Fraldas, toalhas, leite em pó, outros artigos para bebés e crianças;
  • Bens alimentares não perecíveis: enlatados (atum, salsichas, feijão, grão), arroz e massa.

Em nota enviada, a autarquia da Sertã salienta que a campanha “Missão de Solidariedade com o Povo Ucraniano” surge “como uma resposta de ajuda humanitária à Ucrânia e aos refugiados ucranianos. Conta com o apoio de diversas empresas e entidades do Concelho”.

Refira-se que os bens serão recolhidos de 5 a 13 de março e entregues a autoridades competentes que os farão chegar ao seu destino.

Para si... Sugerimos também...

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter