Sarzedinha: a matança do porco e o magusto

Sarzedinha: a matança do porco e o magusto

Uma cooperação entre a Associação da Sarzedinha e a Capelania da Igreja levou a que, na Sarzedinha, acontecesse, uma vez mais, no dia 5 de novembro, a matança comunitária do porco e, no dia 6 de novembro, o magusto.

Talvez, há 20 anos atrás, não houvesse família nas aldeias do concelho de Proença-a-Nova que não matasse, entre novembro e fevereiro, um ou dois porcos para seu próprio consumo. Hoje, talvez consigamos contar as pessoas que matam o seu porco para autoconsumo. Assim, se justifica esta iniciativa da matança comunitária do porco para reavivar esta tradição. O dia da matança do porco era um dia especial: desde a preparação do ato, até ao juntar da família; o não deitar a ceia ao “cucho”; as paródias com as crianças com a morcela do banco; as carquejas para chamuscar o porco e os pedaços de bloco de cimento para o lavar; quando se dependurava o porco para tirar as tripas dizia-se “porco a cima, copo abaixo”; depois as senhoras iam lavar as tripas do animal à ribeira ou ao ribeiro; de tarde, os homens iam à lenha ou ao mato; à noite, desmanchava-se o animal e migava-se a carne para as chouriças… era um dia de muito trabalho, mas bonito.

Na Sarzedinha, procurou-se reviver comunitariamente este acontecimento familiar.

No dia 6, realizou-se no adro da Igreja, na tenda do Município de Proença, um almoço convívio. O magusto aconteceu com o cair do dia. Não faltou a jeropiga e o vinho, as caras mascarradas e a alegria. Muita alegria.

Esta atividade é um exemplo de como as instituições estão ao serviço das pessoas, mas as pessoas devem ser ativas na sua dinamização.

Para si... Sugerimos também...

1 Comentário

  • Precioso texto sobre o clima e a Criação. Tudo tão simples, mas estas reflexões ajudam-nos a discernir, a compreender e impelem-nos a agir em consonância. Obrigada ao autor do texto e à redação do jornal pela sua publicação.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter