Proença-a-Nova: Festival do Plangaio e do Maranho termina “com balanço positivo”

Proença-a-Nova: Festival do Plangaio e do Maranho termina “com balanço positivo”

O Festival do Plangaio e do Maranho, tradicional festividade da vila de Sobreira Formosa, que decorreu nos dias 24 e 25 de setembro, terminou, segundo a autarquia de Proença-a-Nova “com um balanço bastante positivo”.

A chuva deu tréguas e a população afluiu em peso ao recinto no Largo da Devesa, com destaque para as atuações dos cabeças de cartaz, Sons do Minho e Emanuel Moura.

refere a autarquia em nota enviada

Segundo João Manso, vice-presidente da Câmara Municipal de Proença-a-Nova frisou a relevância deste festival afirmando que “a aposta na continuidade do Plangaio e do Maranho como principais atrações para o Festival”. O autarca enalteceu ainda “o trabalho das associações e produtores, que estiveram presentes para demonstrar a forma como se devem confecionar estes produtos”.

As oito associações locais, todas elas da área geográfica da Junta de freguesia de Sobreira Formosa e Alvito da Beira, que se fizeram representar, bem como os 12 produtores e artesãos locais, saíram certamente satisfeitos com a afluência de visitantes ao Festival, que cada vez mais se revela um verdadeiro caso de sucesso na promoção dos produtos endógenos, seja qual for a sua natureza.

afirma ainda a autarquia

Com dois dias repletos de programação diversificada e para todos os gostos, muitos foram os interessados em participar em várias das iniciativas propostas, que assim tornaram a experiência mais divertida e menos monótona. Animação circense, torneios de Malha e Sueca, o “jogo do copo”, sessão de cozinha ao vivo dedicada, arruadas e concertos marcaram mais uma edição deste Festival.

Para si... Sugerimos também...

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter