Proença-a-Nova Cup

Proença-a-Nova Cup

A Escola de Futebol do Belenenses de Oeiras venceu a primeira edição do Proença-a-Nova Cup, um torneio destinado ao escalão de formação benjamins que decorreu nos dias 14, 15 e 16 de abril em Proença-a-Nova e movimentou um total de 12 equipas e os seus familiares.

Para além da equipa da casa, a ADCPN (terminou em 9º lugar), participaram ainda a CC3 R9 – a única equipa estrangeira, proveniente do Brasil e que conquistou o segundo lugar -, e ainda a EF Benfica de Almada, EA Sporting Setúbal, UF Comércio e Indústria, AFD Torre, ARCB Valongo, AF Alcoitão, UD ‘Os Pinhelenses’, GC Figueirense e Sertanense FC.

Na perspetiva de João Lobo, presidente da Câmara Municipal de Proença-a-Nova, a moldura humana presente nos três dias de competição é um indicador do sucesso desta iniciativa, até porque o futebol de formação tem sido ponto estratégico do investimento do Município nos últimos 10/ 15 anos. “Neste fim-de-semana de Páscoa, os proencenses certamente notaram maior movimento”, referiu, apontando as cerca de 400 pessoas – entre familiares e amigos – que acompanharam as equipas. “Traduz-se em retorno prático para a restauração e hotelaria”. Sendo uma aposta ganha e de repetir, o autarca deixou ainda uma palavra de apreço a Armando Lopes, organizador do torneio, e ao Grupo de Desporto do Município pelo apoio dado.

No primeiro dia de torneio, a 14 de abril, foram inaugurados os quatro novos balneários do Campo Nossa Senhora das Neves, dando por concluídas as obras de reabilitação e ampliação das instalações de apoio do campo, resultado de uma candidatura apresentada ao programa de Reabilitação de Instalações Desportivas do Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ), que contou igualmente com o apoio do Município. Os novos balneários, que já foram utilizados durante o Proença-a-Nova Cup, são fundamentais para os mais de 270 atletas da ADCPN – Associação Desportiva e Cultural de Proença-a-Nova. Para além de João Lobo, na cerimónia de inauguração esteve presente a Diretora Regional do IPDJ, Catarina Durão, e o presidente da ADCPN, Carlos Proença.

Para si... Sugerimos também...

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter