Proença-a-Nova: CPCJ apresentou sessão sobre “Violência no namoro”

Proença-a-Nova: CPCJ apresentou sessão sobre “Violência no namoro”

“Violência no namoro” foi o tema da mais recente sessão que a CPCJ – Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Proença-a-Nova promoveu para mais de meia centena de alunos do ensino secundário da Escola Pedro da Fonseca e alguns professores.

Realizada no dia 25 de maio, no auditório municipal, a sessão contou com as intervenções de Carolina Gonçalves e Verónica Rodrigues, psicólogas e técnicas da Associação Amato Lusitano – Resposta de Apoio Psicológico a Crianças e Jovens Vítimas de Violência da Beira Baixa que expuseram esta problemática que pode causar vergonha, culpa, ansiedade e insegurança em quem sofre a violência, seja ela pontual ou contínua.

A maior dificuldade que se pode colocar aos jovens é identificar uma relação em que existe violência, pois pode ser difícil acreditar que alguém que diz gostar deles também lhes pode fazer mal. O próximo passo é pedir ajuda, o que pode ser feito junto de um adulto de confiança, a psicóloga da escola ou instituições especializadas neste apoio, como a APAV – Associação Portuguesa de Apoio à Vítima.

Na segunda parte da sessão, houve lugar para debate a partir de um vídeo que transmitiu diversas mensagens fortes: «quem ama não violenta», «quem ama não domina», «quem ama não controla», «ciúme não é amor», «quem te ama não te agride», «violência é crime». A reflexão partilhada foi feita a partir de eventuais situações/experiências de violência no namoro e abordou os impactos da violência na relação e na vida da vítima.

No intervalo, os alunos do IEFP Curso de Mesa e Bar, do Centro de Formação de Castelo Branco, ofereceram um lanche aos participantes, uma oportunidade para colocarem em prática os ensinamentos transmitidos no curso.

Para si... Sugerimos também...

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter