Oleiros: Multiusos das Devesas Altas visitado por milhares de pessoas

Oleiros: Multiusos das Devesas Altas visitado por milhares de pessoas

A funcionar desde 10 de dezembro de 2021, pelo Edifício Multiusos das Devesas Altas, em Oleiros, já passaram cerca de 8 mil pessoas. O número demonstra, nas palavras do Vereador da Câmara Municipal de Oleiros, Paulo Urbano, que tal se deve à “promoção das mais variadas iniciativas, maioritariamente de índole cívica e cultural”.

O espaço de 13.600 metros quadrados, construído no centro da Vila de Oleiros, ao lado do edifício da Câmara Municipal, assume-se como “uma sala de visitas e um espaço para realização de eventos que não existia no Concelho”, nas palavras do Vereador Paulo Urbano. “Há um antes e um depois, com a construção deste edifício multifuncional em Oleiros”, acrescenta. O Espaço das Devesas Altas alberga atualmente o Posto de Turismo, a Galeria Municipal e o Pavilhão Multiusos, para além de outras valências no espaço exterior, como um anfiteatro ao ar livre, um parque infantil, um ringue ou um conjunto de equipamentos para manutenção desportiva outdoor.

Nos 8 meses de funcionamento daquela infraestrutura, a Galeria Municipal recebeu várias exposições como “Arte de Filigrana em Arame”, de Jorge Marquez (que inaugurou o espaço), em homenagem a Amália Rodrigues pelo centenário do seu nascimento, a mostra “Tecer Tradições: do linho, à renda e ao bordado”, “Notas de Arte” dedicada à música ou “Painéis de S. Vicente de Fora, Com Outra Arte” do artista José Freire e patente atualmente ao público. “Potenciámos novas expressões culturais em Oleiros. Valorizámos a nossa identidade, como foi o caso do ciclo do linho, mas também trouxemos mostras artísticas que já estiveram em grandes museus”. A música também se ouviu, aos domingos, no Multiusos com os “Dias da Música”, dando destaque aos vários grupos locais.

Para além de ações relacionadas com a cidadania, como sessões de Assembleia Municipal, sessões de esclarecimento, a celebração do 25 de abril, ou um ato eleitoral, a educação também visitou o espaço. A fase municipal do Concurso Nacional de Leitura, a Feira do Livro ou Festival Infantil de Oleiros – FestivOl, no qual participaram alunos de todos os níveis de ensino (1º ciclo ao 3º ciclo), do Agrupamento de Escolas Padre António de Andrade (AEPAA), coorganizador deste evento, foram alguns desses acontecimentos.

O imóvel tem também vocação para receber eventos ligados à atividade económica. Ali se realizou em março o congresso da Associação Portuguesa dos Comerciantes de Venda ao Domicílio (APCVD) que segundo a organização contou com centenas de presenças.

Recorde-se que no local existia um terreiro onde os carros estacionavam sem ordenamento e se realizava o mercado semanal e feiras, como a Feira do Pinhal, os quais foram transferidos para outro local devidamente infraestruturado. Simultaneamente à construção deste edifício, as ruas envolventes foram requalificadas.

Para si... Sugerimos também...

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter