Oleiros: Autarcas de novo reunidos pelo desenvolvimento da região centro

Oleiros: Autarcas de novo reunidos pelo desenvolvimento da região centro

Teve lugar, uma vez mais no concelho de Oleiros, no passado dia 1 de julho, a segunda reunião de reflexão dos autarcas da região Centro. Tal como no primeiro encontro, a iniciativa partiu do Presidente do Município, Fernando Jorge, e contou com a presença de autarcas do distrito de Castelo Branco, Coimbra e Leiria, independentemente das suas cores políticas.

Segundo informa a autarquia de Oleiros, em nota enviada, “a troca de ideias fluiu de uma forma positiva, mas o destaque principal foi dado à importância da melhoria das acessibilidades, quer do ponto vista terrestre, aéreo e marítimo”.

“Não estamos aqui para criticar ninguém, mas sim para lembrarmos os governantes da importância que o dinheiro que está a chegar da UE no âmbito do PT2030 e do PRR consiga alcançar o interior e não ficar só distribuído nos grandes meios urbanos. Só conseguimos melhorias estruturantes com estes apoios”

afirmou Fernando Jorge, presidente da autarquia oleirense

O chamado “corredor ibérico”, que liga Madrid à Figueira da Foz, foi algo mencionado por quase todos, bem como o IC31 (já em fase de projeto) que virá melhorar substancialmente a ligação terrestre nas Beiras, e a ligação da Covilhã a Coimbra.

Autarcas como José Manuel Silva (Município de Coimbra), Pedro Santana Lopes (Figueira da Foz), Vítor Pereira (Covilhã), António Pinto (Ansião), João Lobo (Proença-a-Nova), Jorge Abreu (Figueiró dos Vinhos), Helena Teodósio (Cantanhede), António Soares (Penamacor), Carlos Miranda (Sertã) e Luis Pereira (Vila Velha de Rodão) mencionaram a importância das acessibilidades – aéreas, marítimas e terrestres – para a captação de investimento privado na região.

“Só com a criação de postos de trabalhos é que conseguimos fixar pessoas, mas as empresas só se sentem motivadas a investir se virem que lhes são proporcionadas as condições necessárias para tal”

referem

Após estas intervenções aconteceu um debate, onde se salientou a relevância do porto da Figueira da Foz para todos os Municípios do Centro e a ideia da construção de um aeroporto no centro do país, que gerou um consenso total.

Leopoldo Rodrigues, Presidente da Câmara Municipal de Castelo Branco, lançou um repto que pareceu ter sido aceite por todos: “Que a próxima reunião dos municípios do centro da região Centro, do eixo Idanha-a-Nova – Figueira da Foz, se transforme num Fórum, alargado a Comunidades Intermunicipais e outras entidades de cariz público, com uma ordem de trabalhos bem definida”, disse, para que estes primeiros passos da união de vontades de uma região consigam alavancar, ainda mais, os seus desígnios.

Para além dos autarcas já mencionados, estiveram presentes e intervieram os autarcas dos seguintes municípios: Góis, Idanha-a-Nova, Pampilhosa da Serra, Pedrogão Grande, Penacova, Vila de Rei.

Para si... Sugerimos também...

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter