GNR: Detido por violação do dever de confinamento obrigatório COVID-19

GNR: Detido por violação do dever de confinamento obrigatório COVID-19

O Comando Territorial de Castelo Branco, em comunicado, informa que, através do Posto Territorial de Tortosendo, no dia 18 de agosto, deteve um homem de 67 anos por violação do confinamento obrigatório a que estava sujeito, no âmbito da pandemia de COVID-19, no concelho de Covilhã.

No decorrer de uma ação de patrulhamento para garantir o cumprimento do dever de confinamento obrigatório, os militares da Guarda verificaram que o suspeito se tinha ausentado do domicílio. No decorrer das diligências policiais, o suspeito foi localizado, tendo sido detido.

Os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Covilhã.

A GNR recorda que ficam em confinamento obrigatório, em estabelecimento de saúde, no respetivo domicílio ou noutro local definido pelas autoridades de saúde todos os doentes com COVID-19, os infetados com SARS-CoV-2, e os cidadãos relativamente a quem a autoridade de saúde ou outros profissionais de saúde tenham determinado vigilância ativa. A violação do confinamento obrigatório constitui crime de desobediência.

Para si... Sugerimos também...

Subscreva a nossa newsletter