Covilhã: Arguido por posse ilegal de arma

Covilhã: Arguido por posse ilegal de arma

O Comando Territorial de Castelo Branco, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da Covilhã, ontem, dia 31 de agosto, constituiu arguido um homem de 45 anos por posse ilegal de arma, no concelho da Covilhã.

No âmbito de uma investigação por posse ilegal de arma, os militares da Guarda realizaram diversas diligências policiais que culminaram numa busca domiciliária, a qual permitiu apreender uma espingarda caçadeira e 22 munições.

O suspeito foi constituído arguido, e os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial da Covilhã.

Em comunicado, a GNR relembra que de acordo com o Regime Jurídico das Armas e Munições quem detiver arma não registada ou manifestada, quando obrigatório, constitui um crime de posse ilegal de arma.

Para si... Sugerimos também...

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter