Covid-19: Taxa de Incidência baixa na Sertã e aumenta em Oleiros

Covid-19: Taxa de Incidência baixa na Sertã e aumenta em Oleiros

Proença-a-Nova mantém taxa, uma vez mais, sem registo de casos ativos

Apesar do concelho da Sertã continuar a manter a maior Taxa de Incidência, do distrito de Castelo Branco, por 100 mil habitantes, esta semana a mesma registou uma ligeira diminuição.

Segundo a atualização avançada esta tarde pela DGS, o concelho sertaginense conta hoje com uma taxa de incidência de 316 casos por 100 mil habitantes. Por sua vez o concelho Oleirense aumentou o dobro da sua Taxa, passando de 20 para 40 casos por 100 mil habitantes.

Segundo os últimos dados avançados pela Unidade Local de Saúde de Castelo Branco (ULSCB), hoje 18 de Junho, o concelho da Sertã conta com 19 casos ativos enquanto que o concelho de Oleiros regista 2 casos.

Em todo o distrito, além da Sertã, esta semana também só o concelho de Penamacor diminuiu a sua Taxa de Incidência. Todos os restantes ou mantiveram ou aumentaram.

Esta semana, e mais uma vez sem casos ativos, o concelho de Proença-a-Nova mantêm uma Taxa de Incidência de 14 casos por 100 mil habitantes. Já o concelho de Vila de Rei manteve também a sua Taxa que se encontra em 0 casos por 100 mil habitantes.

A respetiva taxa de incidência por 100 mil habitantes é a seguinte:

  • Sertã (316 casos por 100 mil habitantes)
  • Idanha-a-Nova (75 casos por 100 mil habitantes)
  • Oleiros (40 casos por 100 mil habitantes)
  • Fundão (30 casos por 100 mil habitantes)
  • Castelo Branco (21 casos por 100 mil habitantes)
  • Covilhã (15 casos por 100 mil habitantes)
  • Proença-a-Nova (14 casos por 100 mil habitantes)
  • Penamacor (0 casos por 100 mil habitantes)
  • Vila de Rei (0 casos por 100 mil habitantes)
  • Belmonte (0 casos por 100 mil habitantes)
  • Vila Velha de Ródão (0 casos por 100 mil habitantes)

De salientar que os dados reportam a um período de incidência cumulativa a 14 dias entre 2 e 15 de Junho.

Portugal tem hoje uma incidência de 100,02 novos casos de infeção com SARS-CoV-2 por 100.000 habitantes e um índice de transmissibilidade (Rt) de 1,14, segundo o boletim conjunto da Direção-Geral da Saúde (DGS) e do INSA, divulgado hoje

De acordo com os dados oficiais, quando analisado apenas o território de Portugal Continental a incidência situa-se nos 100,02 casos por 100.000 habitantes e o Rt em 1,15.

Para si... Sugerimos também...

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter