Covid-19: Plano Distrital de Emergência de Proteção Civil de Castelo Branco foi desativado

Covid-19: Plano Distrital de Emergência de Proteção Civil de Castelo Branco foi desativado

O Plano Distrital de Emergência de Proteção Civil de Castelo Branco, que tinha sido ativado em março de 2020, no âmbito da crise de saúde pública por covid-19, foi desativado.

Em comunicado, a Comissão Distrital de Proteção Civil de Castelo Branco referiu que “deliberou, por unanimidade, desativar o Plano Distrital de Emergência de Proteção Civil de Castelo Branco, em sede de reunião ordinária”.

Na sequência da crise de saúde pública por covid-19, o Plano Distrital de Emergência de Proteção Civil de Castelo Branco tinha sido acionado no dia 25 de março de 2020, por proposta da Comissão Distrital de Proteção Civil ao ministro da Administração Interna.

Foi ainda criada no seio desta Comissão uma Subcomissão para o acompanhamento da situação epidemiológica covid-19.

“Para a desativação do Plano Distrital de Emergência de Proteção Civil de Castelo Branco, foi ponderada a situação epidemiológica vivida atualmente em Portugal, onde se verifica a diminuição de risco efetivo da covid-19, e a desativação de todos os Planos Municipais de Emergência de Proteção Civil do distrito de Castelo Branco”, lê-se na nota.

A comissão adiantou ainda que, durante o período em causa, o Centro de Coordenação Operacional Distrital de Castelo Branco “realizou 226 ‘briefings’ operacionais, tendo o Comando Distrital de Operações de Socorro de Castelo Branco da Autoridade Nacional de Emergência de Proteção Civil difundido 51 comunicados técnicos operacionais relacionados com a doença covid-19 e elaborados 727 relatórios diários de situação”.

Para si... Sugerimos também...

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter