Sertã: Maratona de Leitura regressa com mais de 80 convidados

 Sertã: Maratona de Leitura regressa com mais de 80 convidados

Gonçalo M. Tavares, Stênio Gardel, Álvaro Laborinho Lúcio, José Pacheco Pereira, Rodrigo Leão com o seu projeto «Os Poetas», Fernando Alvim, Irene Flunser Pimentel, Luís Represas, António Mota, Martim Sousa Tavares, Pedro Lamares, Isabel Nery e Victor Vidal são alguns dos mais de 80 convidados que estarão presentes na próxima edição da Maratona de Leitura, que decorre no concelho da Sertã, entre os dias 4 e 6 de julho.

A apresentação pública aconteceu ontem, dia 4 de junho, na Praia Fluvial da Sertã, com a presença do presidente da Câmara Municipal da Sertã, Carlos Miranda.

O edil sertaginense destacou o “papel da cultura no crescimento e progresso dos territórios”, insistindo que o investimento em cultura “produz enormes ganhos a vários níveis”.

“A Maratona de Leitura é uma aposta ganha e é a prova de que, através da cultura, é possível imprimir desenvolvimento. A população tem de perceber que a cultura é fundamental para o nosso crescimento económico”.

afirmou Carlos Miranda

Ana Sofia Marçal, coordenadora da Biblioteca Municipal da Sertã (entidade organizadora deste evento da Câmara da Sertã), foi taxativa na sua intervenção:

“Temos o melhor cartaz de sempre da Maratona de Leitura e a convicção é que esta será, com toda a certeza, uma edição única daquele que é o festival literário mais bonito de Portugal”.

afirmou

De acordo com Ana Sofia Marçal, a Maratona de Leitura contará com “quase 90 convidados em 80 atividades, ao longo de três dias e 60 horas de programação. As atividades decorrerão nas dez freguesias do concelho da Sertã”.

“O espírito e caráter único da Maratona de Leitura tem atraído anualmente muitos milhares de pessoas ao concelho da Sertã, porque este é talvez o evento mais completo e eclético do país e aquele que melhor interpreta a ligação ao território. É uma experiência absolutamente singular aquela que é proposta ao longo destes três dias”.

finalizou Carlos Miranda, Presidente da Câmara da Sertã

Tendo como mote a «Resistência e Liberdade», o programa deste ano procura plasmar esta temática, ainda que muitas das quase 80 atividades previstas procurem ir mais além no seu espectro. Estão agendados, por exemplo, encontros com escritores, passeios literários (de barco e pedestres), workshops de escrita e leitura, espetáculos performativos, sessões temáticas, concertos, lançamento de livros, oficinas culturais, exposições, além da já icónica maratona de 24 horas a ler em voz alta entre as 0 e as 24 horas do dia 6 de julho (sábado).

As Festas na Aldeia serão outro dos pontos altos do programa, repetindo-se assim uma iniciativa de grande sucesso nos anos anteriores. A ideia é levar às aldeias mais isoladas do concelho da Sertã os livros e a leitura, recorrendo-se a performances com contadores de histórias, acompanhados, nalguns casos, de escritores.

O programa tem início previsto para as 11 horas do dia 4 de julho, sendo que os grandes destaques desse dia vão para o encontro com o escritor brasileiro Stênio Gardel, recente vencedor do National Book Award (18h – Biblioteca Municipal) e para a cerimónia de abertura da Maratona de Leitura, no Cineteatro Tasso (21h30), onde será exibido o documentário «Pessoas, espaços, cultura e tradições da Sertã», com curadoria de Gonçalo M. Tavares.

Como habitualmente, o último dia da Maratona de Leitura arranca pelas 0h com o início das 24 horas a ler. O tradicional encerramento da Maratona de Leitura e das 24 horas a ler acontece no recinto do Castelo da Sertã, com um espetáculo de stand-up poetry, intitulado «Puxa! Tenhamos fezes no futuro».

Para si... Sugerimos também...

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter