Sertã: Cernache do Bonjardim celebrou 12ºano da canonização de São Nuno

Sertã: Cernache do Bonjardim celebrou 12ºano da canonização de São Nuno

A vila de Cernache do Bonjardim, no concelho da Sertã, voltou a assinalar o 12.º aniversário da canonização de São Nuno de Santa Maria, no passado dia 26 de abril.

As comemorações arrancaram pelas 16 horas com a celebração de uma missa na igreja do Seminário das Missões, presidida pelo padre Adelino Ascenso, Superior Geral da Sociedade Missionária da Boa Nova. 

A celebração eucarística, com lotação limitada devido às medidas em vigor no contexto atual de estado de emergência, contou com acompanhamento musical a cargo de Ana Sofia Ventura (soprano), Rita Pires (piano) e Rita Mendes (flauta).

Na homilia, o padre Adelino Ascenso invocou São Nuno de Santa Maria como um “homem de grandes dotes militares e espiritualidade profunda”, que “faz lembrar Inácio de Loyola, fundador da Companhia de Jesus, ou Justo Takayama Ukon, o samurai de Cristo”. Trata-se de “figuras de radicalidade, de paixão. Homens que entraram pela porta e puseram alma naquilo que faziam”, acrescentou o pároco.

informa a Câmara Municipal da Sertã em nota enviada

Desafiando toda a comunidade a aprender com São Nuno de Santa Maria, o reverendo pediu para que “sejamos fiéis aos nossos sonhos e ao nosso serviço fraterno ao outro”.

Depois da missa, seguiu-se uma romagem ao nicho, situado nas traseiras do Seminário das Missões, onde está uma pequena imagem de São Nuno de Santa Maria e que assinala o local onde este nasceu em 1360.

O presidente do Município da Sertã, José Farinha Nunes, e a presidente da Junta de Freguesia da União de Freguesias de Cernache do Bonjardim, Nesperal e Palhais, Filomena Bernardo, depuseram ali uma coroa de flores.

Nuno de Santa Maria (de seu nome Nuno Álvares Pereira) nasceu a 24 de junho de 1360 em Cernache do Bonjardim. Em 2009, o papa Bento XVI canonizou-o, lembrando uma “figura exemplar nomeadamente pela presença duma vida de fé e oração em contextos aparentemente pouco favoráveis à mesma”.

Para si... Sugerimos também...

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter