Proença-a-Nova: Katielle contorna a Pandemia

Proença-a-Nova: Katielle contorna a Pandemia

Katielle Santos nasceu no Brasil, mas vive em Proença-a-Nova há já vários anos. É casada e tem duas filhas. Desde muito cedo descobriu a sua vocação na área da doçaria.

“Foi com um bolinho em forma de boné que tudo começou. Foi mais ou menos há 8 anos, quando resolvi aventurar-me pelo mundo da confeitaria, apesar de ser mais conhecida com a criação de ornamentações com balões para festas”

revela Katielle ao Jornal de Proença

Em 2013 surgiu o projeto “Balão Mágico”. Consistia na ornamentação de festas de aniversário, batizados, casamentos ou outras temáticas, utilizando balões. Por vezes fazia o bolo ou queques que lhe pediam. Com a pandemia Katielle viu o seu negócio parar e teve de se reinventar.

A Katy Cakes que já tinha surgido em 2016, mas com pouca visibilidade, com a pandemia e fechada em casa com as filhas começou a aperfeiçoar-se na elaboração dos doces. Primeiramente os brigadeiros do Dia da Mãe, do Dia do pai, da Páscoa, entre outros sempre reinventando. O trabalho começou a crescer e agora sente-se ainda mais realizada com o que faz.

“Cada dia que passava, o amor pelo meu “Hobby” ia aumentando, tornando-se hoje a minha profissão e um dos meus grandes amores. Adoro criar novas texturas e descobrir novos sabores. Olho para trás e sinto- -me uma mulher de sorte, pois sempre tive Deus na minha vida e ao meu lado pessoas que me amavam e me apoiam.”

revela

Apesar da evolução Katielle quer “evoluir cada vez mais para servir os meus clientes/amigos da melhor maneira que sei. Cada doce que entrego a um cliente leva um pedacinho do meu coração e muito amor”

Para si... Sugerimos também...

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter