Proença-a-Nova: Antena de rede móvel inaugurada na Catraia Cimeira

 Proença-a-Nova: Antena de rede móvel inaugurada na Catraia Cimeira

A Altice Portugal e a Câmara Municipal de Proença-a-Nova, inauguram ontem, 14 de Abril, na Catraia Cimeira (freguesia Montes da Senhora) uma antena de rede móvel a fim de reforçar a rede móvel no concelho de Proença-a-Nova. No ato da inauguração foi ainda assinado o protocolo entre as duas entidades de forma a continuar a investir na expansão da rede de fibra ótica e aumentar a cobertura no concelho.

João Lobo, presidente da Câmara Municipal de Proença-a-Nova, começou por salientar as deficiências de cobertura de rede na zona Norte do concelho havendo “alguns pontos sem cobertura de rede total”. Situação que para o autarca lhe faz recuar aos incêndios florestais que deixam muitas vezes as “comunidades mais indefesas até para o socorro. “

Antena móvel inaugurada
(Foto: Jornal Proença)

O autarca recordou ainda que este é um problema que afeta a “atratividade e a condição para termos cá as pessoas” sendo que nos dias de hoje “até a pandemia nos veio mostrar que o teletrabalho é também uma ferramenta diferenciada e vai ser assim no futuro, com ou sem pandemia e portanto estes territórios ficavam atrás e para trás se não tivessem uma cobertura de rede que não fosse total.” Nesse sentido para João Lobo é fundamental a partilha “naquilo que é muitas vezes o público e o privado”.

“Sabemos muito bem que em territórios de baixa densidade não é apelativo economicamente alguma circunstância de investimento mas necessariamente os municípios têm de estar atentos, a administração central também. É isso que espero e que com certeza vamos conseguir.”

reforça João Lobo


O autarca adiantou ainda que o protocolo assinado vai reforçar já para este ano de 2021 “mais de 55% dessa mesma cobertura” sendo que para 2022 “daremos passos muito mais fortes”

Por parte da Altice Portugal, João Teixeira, Chief Technology Officer, afirmou que a empresa tem estado no terreno para “mais um ciclo de investimento. Um investimento voluntário, privado.”

Aos problemas de atratividade identificados pelo autarca local, João Teixeira afirma “que não pode haver um Portugal a uma velocidade e outro Portugal a outra velocidade” assumindo assim um compromisso “para com a região e com o desenvolvimento”.

João Teixeira reforçou ainda o facto de esta ser “a 7º antena que temos no município e vamos assinar este protocolo para fibra ótica que esperemos que em 2021 já faça algum efeito e depois para 2022 cá estarei com todo o gosto para voltarmos a assinar um novo quadro de investimento para Proença-a-Nova.”

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter