Prémio Nobel da Fisiologia ou Medicina 2022

Prémio Nobel da Fisiologia ou Medicina 2022
António Piedade, Comunicador de Ciência

O prémio Nobel da Fisiologia ou Medicina foi atribuído ao sueco Svante Pääbo, “pelas suas descobertas sobre os genomas dos hominídeos extintos e a evolução humana”.

A humanidade sempre esteve intrigada com as suas origens. De onde viemos, e como estamos relacionados com aqueles que vieram antes de nós? O que nos torna, Homo sapiens, diferentes dos outros hominídeos?

Através da sua pesquisa pioneira, Svante Pääbo conseguiu algo aparentemente impossível: sequenciar o genoma do Neandertal, um parente extinto dos humanos de hoje. Fez também a sensacional descoberta de um hominídeo anteriormente desconhecida, Denisova. É importante notar que Pääbo também descobriu que a transferência de genes destes hominídeos agora extintos para o Homo sapiens tinha ocorrido após a migração para fora de África há cerca de 70.000 anos. Este antigo fluxo de genes para os humanos actuais tem hoje em dia relevância fisiológica, afectando, por exemplo, a forma como o nosso sistema imunitário reage às infecções.

A investigação seminal de Pääbo deu origem a uma disciplina científica inteiramente nova; a paleogenómica. Ao revelar diferenças genéticas que distinguem todos os humanos vivos dos hominídeos extintos, as suas descobertas fornecem a base para explorar o que nos torna unicamente humanos.

Para si... Sugerimos também...

Subscreva a nossa newsletter