Oleiros recordou Padre António de Andrade

 Oleiros recordou Padre António de Andrade

Foi apresentado no passado dia 8 de dezembro, no Multiusos das Devesas Altas, em Oleiros, um novo livro sobre a epopeia do Padre António de Andrade. Local onde também teve lugar o concerto da Banda da Armada. Ambos os eventos tinham um único objetivo: recordar o ilustre Oleirense, Padre António de Andrade.

“De Oleiros ao Tibete”, de José Manuel Maia, é o mais recente livro sobre a expedição do Padre António Andrade, que o levou a descobrir o Tibete. Para o Presidente da Câmara Municipal de Oleiros, Miguel Marques, o trabalho “acrescenta mais conhecimento ao que sabemos sobre esta epopeia fantástica com o objetivo de difundir o cristianismo, neste caso, no Tibete”.

“Este livro é merecedor da nossa atenção, pelo feito do Padre António de Andrade e dos seus companheiros. Há um provérbio que nos diz que “sozinhos vamos mais depressa, mas juntos vamos longe´, é assim que devemos fazer, todos juntos: divulgar a extraordinária vida de António de Andrade. É isso que pretende o Município de Oleiros ao assinalar os 400 anos do Descobrimento do Tibete com uma série de iniciativas que se projetam ao longo de dois anos.”

destacou ainda o autarca Miguel Marques,

Na apresentação, o autor confessou que nunca tinha estudado a percurso do Padre António de Andrade e que à medida que fui investigando os documentos que ele nos deixou, “fui ficando cada mais surpreendido. O progresso e o futuro da comunidade oleirense podem inspirar-se no exemplo de homens como António Andrade”, referiu. Por fim, José Manuel Maia defendeu que a vida do padre e explorador português fosse estudada nas escolas. “Vou tentar que chegue mais longe, no ensino secundário”, adiantou o docente.

Com edição a cargo do Município de Oleiros e com os apoios da Companhia de Jesus e da Academia das Ciências de Lisboa, “De Oleiros ao Tibete”, da autoria de José Manuel Maia, pode ser adquirido no Posto de Turismo de Oleiros ou na Biblioteca Municipal.

Depois da apresentação do livro atuou a Banda da Armada para as cerca de 500 pessoas presentes no Multiusos das Devesas Altas. Sob a batuta do Segundo-Tenente Samuel Filipe, os músicos que constituem a banda surpreenderam ao interpretar a marcha, “Oleiros Terra Altaneira”. A despedida fez- se ao som da Marcha dos Marinheiros.

No final deste acontecimento, a satisfação era geral e nas palavras do Presidente da Câmara Municipal de Oleiros, “este é, com toda a certeza, um dos momentos mais inesquecíveis vividos neste Pavilhão Multiusos e que prova que no Interior, em Oleiros, podemos ter a felicidade de acolher um concerto de tão elevada qualidade como este”.

Para si... Sugerimos também...

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter