Nossa Senhora da Soledade

Nossa Senhora da Soledade

A imagem de Nossa Senhora da Soledade da Real Basílica do Convento de Mafra

Maria Helena Paes

Cheguei mais uma vez à Vila de Mafra. Em primeiro lugar dirigi-me à Real Basílica de Santo António e de Nossa Senhora, que faz parte do Convento de Mafra. Sabia que ali me aguardava a belíssima imagem de Nossa Senhora da Soledade. A sua expressão dolorida comove-me sempre e por isso a venero com grande devoção. Datada de 1773 retrata muito bem todo o sofrimento da nossa querida Mãe do Céu, chorando a morte do Filho, no momento que medeia entre a Sua Crucifixão e a Sua Ressureição. Associo esta tão venerada imagem às nossas dores e cruzes que vão surgindo ao longo da nossa vida. Diria mesmo que, com o seu semblante de uma enorme compaixão e, em simultâneo, transmitindo tanta doçura e bondade, chora também connosco nos momentos mais difíceis, confortando-nos nas nossas angústias e mesmo assumindo-as.

Nossa Senhora da Soledade é uma das formas pela qual é venerada a Virgem Maria, mãe de Jesus. É o título atribuído à imagem de Nossa Senhora chorando a morte do Filho, no momento que medeia entre a Sua Crucifixão e a Sua Ressureição. Representa, pois, a maior das dores que uma mãe pode sentir, que é a morte de um filho.

E recordo algumas palavras de S. Josemaria no seu livro Via Sacra: “Mergulhada na dor, Maria está junto à Cruz… Tomam o corpo de Jesus e deixam-No nos braços de Sua Santíssima Mãe. Renova-se a dor de Maria”. “Para onde foi o teu Amado, ó mais formosa das mulheres? Para onde partiu quem tu amas, e procurá-lo-emos contigo (Cant. V, 17). Se queres ser fiel, sê muito mariano…Recorre a Maria com terna devoção de filho. Sancta Maria, refugium nostrum et virtus!, és o meu refúgio e a minha fortaleza”.

Perante tanto sofrimento e diante da imagem de Nossa Senhora da Soledade, peço-lhe com muita fé, que nós saibamos aceitar as “cruzes” de cada dia. Ao pensamento veio-me uma frase: “Eu sou a Mãe do Amor Formoso, e do temor, e da sabedoria, e da santa esperança. Em mim está toda a graça do caminho e da verdade, em mim toda a esperança de vida e de virtude… Aquele que me escuta não será confundido: os que me fazem caso não pecarão”(Eclo 24, 24-30).

Foi, pois, com enorme alegria que tomei conhecimento de que em dezembro de 2020 Sua Santidade o Papa Francisco tinha concedido à Real e Venerável Irmandade do Santíssimo Sacramento de Mafra a grande graça da Coroação Pontifícia da Imagem de Nossa Senhora da Soledade. Em nome do Papa esta imagem será solenemente coroada, no dia 17 de Setembro de 2023, sendo a terceira Coroação de caráter pontifício na história da Igreja em Portugal. Recordemos: a primeira foi Nossa Senhora do Sameiro em Braga em 12 de Junho de 1904, a segunda Nossa Senhora de Fátima em 13 de Maio de 1946. Aguardo, com enorme expetativa, a terceira Coroação Pontifícia, ou seja, coroação da imagem de Nossa Senhora da Soledade da Vila de Mafra, que certamente contribuirá para iluminar os corações de muitos cristãos que piedosamente aos seus pés coloquem os seus pedidos e orações. A Virgem Maria não deixará de atender a todos, e conceder-lhes inúmeras graças.

O ato de coroar Nossa Senhora é reconhecer que é Rainha da Igreja, de Portugal, e das nossas vidas. Sua Santidade o Papa Francisco, nas comemorações dos 375 anos da Proclamação de Nossa senhora da Conceição como Padroeira de Portugal referiu: “Porventura, não nasceu Portugal em territórios que então davam já pelo nome da Terra de Santa Maria? Pois bem, os filhos da Terra de Santa Maria hão-de mostrar que nunca a esquecem”.

Após alguns meses a receber donativos de fiéis de Portugal, e de outras partes do mundo, inclusive Síria, a Real Irmandade do Santíssimo Sacramento de Mafra, fará uma exposição de todos os donativos recebidos, enquanto expressão de generosidades dos fiéis, e que em breve serão fundidos para serem iniciados os trabalhos de manufatura da coroa.

A coroa será realizada em ouro, prata branca e prata dourada. O projeto já foi apresentado e contém vários elementos simbólicos ligados a Nossa Senhora retirados quer da arquitetura da basílica quer de algumas alfaias ali existentes. A coroação terá lugar no dia 17 de Setembro de 2023 e encerrará o Fórum Mundial das Irmandades e Confrarias que se realizará em Mafra.

Nossa Senhora da Soledade, intercedei por todos os que sofrem, que se encontram tristes, sós, desamparados, por tantos motivos que hoje proliferam na sociedade em que vivemos. Mãe querida, precisamos do conforto do teu regaço, do teu abraço, que nos ajude a superar as dificuldades existentes e a recriar a alegria num futuro mais promissor onde predomine a paz, a harmonia, a justiça social e a solidariedade entre os povos.

Para si... Sugerimos também...

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter