ICNF esclarece Juntas de Oleiros sobre Rede Primária de Faixas de Gestão de Combustível

 ICNF esclarece Juntas de Oleiros sobre Rede Primária de Faixas de Gestão de Combustível

A prestação de informações e esclarecimento de dúvidas sobre a execução, constituição e servidão administrativa da Rede Primária de Faixas de Gestão de Combustível (RPFGC) em Oleiros foi o objetivo do encontro promovido pelo Instituto da Conservação das Florestas e da Natureza (ICNF) com as Juntas de Freguesia do Concelho, em colaboração com a Câmara Municipal de Oleiros, no dia 19 de março.

O ICNF tem identificados no Concelho de Oleiros seis troços de terreno, localizados nas freguesias de Estreito-Vilar Barroco, Sarnadas de São Simão e Orvalho, para neles ser aberta uma faixa de gestão de combustível.

informa a autarquia de Oleiros

Em concurso público foi selecionada uma empresa privada que, segundo explicou Elmano Silva, Diretor Regional adjunto na área da gestão de fogos rurais do ICNF, dará apoio aos processos relativos à servidão administrativa, que acarreta o pagamento de uma indemnização aos proprietários.

“Até ao verão, serão constituídos 28 quilómetros, que totalizam 354 hectares de área, de rede de gestão de combustível. Esta é a meta para este Concelho em 2024, mas o plano total do ICNF determina que até 2025 a rede primária atinja os 1406 hectares de área”

explicou Elmano Silva

O Presidente da Câmara Municipal de Oleiros, Miguel Marques, que acompanhou a reunião, lembrou que o Concelho “é ciclicamente e infelizmente afetado pelos incêndios, pelo que é importante que possamos atuar para poder minimizar as proporções que estes fogos atingem”.

A criação da Rede Primária de Faixas de Gestão de Combustível é financiada pelo Programa de Recuperação e Resiliência. Os proprietários interessados em obter mais informações sobre esta matéria podem contactar as suas Juntas de Freguesia ou a Câmara Municipal de Oleiros.

Para si... Sugerimos também...

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a nossa newsletter